Home Finanças Pessoais Poupança Programada: O que é e como Funciona?

Poupança Programada: O que é e como Funciona?

por Conrado Navarro
0 comentário

Entenda o que é poupança programada e suas principais vantagens e desvantagens.

Uma das principais desculpas do brasileiro para não investir é a falta de disciplina. Ter que lembrar de guardar dinheiro parece difícil?

Atualmente, com a tecnologia, ficou muito fácil resolver este tipo de “problema”, e a poupança programada é uma possibilidade.

Antes de explicar melhor como funciona, vamos combinar uma coisa: para guardar dinheiro, não importa quanto você tem. O lance é começar.

Aliás, não ter dinheiro ou ter pouco dele também costuma ser uma justificativa comum para não poupar. Precisamos mudar isso! Comece com o que você tem.

A poupança programada é um serviço gratuito oferecido pelos bancos para clientes que possuem conta corrente e poupança.

Através dela, você consegue programar (agendar) depósitos automáticos na poupança a partir do dinheiro em conta, em datas que desejar.

Vantagens e desvantagens poupança programada

A principal vantagem da poupança programada é criar uma rotina automatizada para guardar dinheiro.

Ou seja, você não se esquece de separar uma quantia para poupar. Já que o sistema vai fazer isso automaticamente para você.

Outras vantagens são:

  • Criar o sentimento de que é possível ter disciplina também em outras áreas da vida;
  • Autonomia para programar o dia e valor que desejar para guardar. Assim, você tem controle e facilidade;
  • Juntar dinheiro passa a ser algo mais simples e fácil;
  • Tudo pode ser alterado e/ou cancelado a qualquer momento;
  • Nenhuma interação será necessária, ou seja, o dinheiro será transferido e colocado na poupança automaticamente;
  • Não há cobrança de tarifas ou taxas para isso.

Contudo, o mais interessante neste caso é realmente a possibilidade de aprender a guardar com o suporte da tecnologia.

Poupança comum ou poupança programada?

O produto de investimento é o mesmo: a poupança. Mas a questão fundamental é como você vai guardar o dinheiro lá.

Dessa forma, sua escolha deverá ser entre fazer sozinho(a) a operação ou definir uma forma automatizada de guardar.

A poupança programada é uma espécie de investimento em débito automático. Nesse sentido, você precisa pensar em:

  • Quanto deseja guardar automaticamente;
  • Qual a frequência que deseja guardar;
  • Que dia do mês é melhor para realizar essa operação.

Como ativar a poupança programada?

Usar a poupança programada é muito simples. Você pode contar com a ajuda direta do gerente em uma agência ou fazer tudo pelo terminal/app do banco.

No terminal ou aplicativo, dentro da opção “Poupança” vai haver uma alternativa mencionando a poupança programada.

Ao escolher este caminho, você precisará definir o tempo que deseja manter a programação. Além disso, deverá informar o dia do mês para guardar e valor.

Como resultado, a partir deste momento a movimentação do dinheiro da conta corrente para a poupança será automática.

Rendimento poupança programada

Em resumo, a rentabilidade e as características da poupança programada são as mesmas da poupança tradicional. Em outras palavras:

  • Retorno de 70% da Selic quando esta está em 8,5% ao ano ou menos;
  • Isenção total de Imposto de Renda;
  • Garantia do Fundo Garantidor de Crédito limitado a R$ 250 mil por CPF em cada conglomerado financeiro.

Quem oferece poupança programada?

Praticamente todos os bancos oferecem a possibilidade de automatizar os investimentos na poupança.

Atenção para os nomes usados em cada instituição, que podem mudar e confundir.

Por exemplo, o banco Santander chama este serviço de “Depósito Programado em Poupança”. O nome “poupança” aparece, o que é bom.

Em outro exemplo, o Itaú (ITUB4) usa o nome “Aplicação Programada Mensal”. O termo “poupança” não aparece, mas os dois produtos são a mesma coisa.

Veja o que diz o site do Itaú, por exemplo:

“Se a cada mês você planejar e aplicar uma quantia que caiba no seu bolso, lá na frente você terá o suficiente para realizar seus sonhos. Faça uma aplicação programada mensal na Poupança Itaú. Separe uma quantia todos os meses e garanta sua reserva financeira. Basta escolher o melhor dia e valor a ser investido que o Itaú aplica todos os meses automaticamente para você.”

O Banco do Brasil explica a poupança programda da seguinte forma:

“A Poupança Programada é uma opção de agendar transferências mensais de recursos da conta corrente para a Poupança Ouro ou Poupex. Aprogramação pode ser de 2 a 98 meses ou em prazo indeterminado.”

Aplicação programada vale a pena?

Não adianta criar um fluxo automático de investimento se você está em dúvida sobre seu potencial de poupança.

Tampouco adianta automatizar o hábito de guardar se você não está certo(a) de que será capaz de manter a aplicação programada.

O compromisso com a própria saúde financeira deve ser o ponto de partida para a criação de uma reserva financeira.

Assim, pense se o dinheiro que você pretende guardar vai fazer falta. Se sim, diminua o valor, mas ainda assim programe o investimento.

Além disso, comece imediatamente um controle financeiro inteligente, com a ajuda de ferramentas para conhecer melhor sua realidade.

Juntos, o planejamento e disciplina para guardar dinheiro com certeza farão muita diferença em sua vida.

Uma aplicação programada sempre será bem vinda para criar melhores condições de consumo e tranquilidade futura.

Portanto, o ponto de partida deve ser: “eu devo ser capaz de manter uma aplicação programada”. O que falta para isso acontecer?

Conclusão

A escolha da poupança como investimento não é muito interessante porque existem alternativas melhores e mais rentáveis.

Por outro lado, a ideia de automatizar o hábito de guardar dinheiro é excelente, pois facilita o seu dia a dia e evita que você “esqueça” disso.

O ideal, portanto, é unir rentabilidades melhores com o uso inteligente da tecnologia para acumular patrimônio e formar uma reserva financeira.

A Grão, por exemplo, oferece até 100% do CDI com liquidez diária e muita educação financeira para ajudar você a guardar mais dinheiro.

Até a próxima!

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.