Preço do iPhone finalmente diminui no BrasilO iPhone, da Apple, conquistou um lugar especial na mente de muitos consumidores, isso não há como negar. Existem muitas pessoas que preferem smartphones com sistema Android e não estão interessados nos produtos da empresa fundada por Steve Jobs, mas não dá para ignorar que os produtos da “maçã” viraram febre.

No entanto, entre os consumidores que aguardam cada nova versão do smartphone da Apple, estão aqueles que não podem pagar o salgado preço pelo aparelho. O Brasil ainda apresenta um dos maiores valores pelo celular, mas a notícia é boa para aqueles que estão decididos a comprar.

Os preços do iPhone 4 e do iPhone 4S ficaram mais baratos na loja brasileira da Apple. O primeiro modelo teve uma redução nos preços de 26,68%, enquanto que o segundo foi de 15,01%. O iPhone 4 de 8GB custava R$ 1.499, mas passou a valer R$ 1.099. Já o 4S, de 16GB, apresentou uma queda de R$ 300, passando de R$ 1.999 para R$ 1.699.

Há ainda mais uma condição favorável de compra. Além da diminuição dos preços dos smartphones chamar atenção, a Apple oferece 10% de desconto para quem decidir comprar o aparelho à vista, opção que sempre recomendamos e valorizamos no Dinheirama (o desconto é sempre a melhor opção).

Compensa comprar no exterior?

Com a redução de valores, a diferença de preço entre os valores nacionais e os praticados baixou consideravelmente, muito embora ela ainda continue alta aos olhos do consumidor. Nos Estados Unidos, o iPhone 4S custa US$ 549 (aproximadamente R$ 1.100), enquanto que o iPhone 4 custa US$ 450 (R$ 900).

A diferença de preço, em relação aos preços praticados no Brasil antes da redução, era de 44,60% e 39,44%, respectivamente. Após a redução a diferença caiu para 34,81%, para o 4S, e 17,40% para a versão 4.

Desoneração dos smartphones

Na semana passada divulgamos a informação de que a presidente Dilma Rousseff assinará a desoneração para smartphones. Segundo informações do Ministro das Comunicações Paulo Bernardo, o preço dos smartphones terá um teto de R$ 1,5 mil para aparelhos com tecnologia 4G.

No entanto, o ministro também lembra que o país sofre com falta de infraestrutura para suportar o uso crescente das redes de telefonia móvel. Em 2011 e 2012 o setor de telecomunicações cresceu rapidamente com valores expressivos: 100% e 80%, respectivamente.

Logo, tudo indica que os preços do iPhone poderão cair mais em breve. Como Paulo Bernardo afirmou que os novos valores devem valer a partir do fim do mês, talvez seja melhor aguardar a chegada de maio para confirmar se haverá nova redução dos preços.

Esperar é aprender a consumir com inteligência. Além de garantir preços mais baixos, você também pode verificar se algum aparelho sofreu maior diminuição do que outro e concluir qual o melhor smartphone para você e seu bolso. Vamos ficar de olho também.

Fonte: InfoMoney. Foto de freedigitalphotos.net.

Willian Binder
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários