Home Economia e Política Preços de importados nos EUA registram maior alta em dois anos em abril

Preços de importados nos EUA registram maior alta em dois anos em abril

Os preços de importados nos EUA tiveram o maior aumento em dois anos em abril em meio à alta dos custos de produtos de energia e outros bens

por Reuters
0 comentário

Os preços de importados nos Estados Unidos tiveram o maior aumento em dois anos em abril em meio à alta dos custos de produtos de energia e outros bens, sugerindo que a inflação doméstica pode permanecer elevada por um tempo.

Os preços de importados subiram 0,9% no mês passado, o maior aumento desde março de 2022, após alta revisada para cima de 0,6% em março, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que os preços de importados, que excluem as tarifas, avançassem 0,3% após um ganho de 0,4% relatado anteriormente em março.

Nos 12 meses até abril, a alta dos preços aceleraram a 1,1%, o maior ganho desde dezembro de 2022. Os preços subiram 0,4% em março, o que foi o primeiro aumento anual desde janeiro de 2023.

As leituras mais firmes dos preços de importados lançaram uma sombra sobre as perspectivas de inflação. Dados de quarta-feira mostraram que a inflação está retomando sua tendência de queda depois de ter aumentado no primeiro trimestre, com a alta dos preços ao consumidor se moderando em abril depois de registrar avanços sólidos por dois meses consecutivos.

A diminuição da pressão dos preços, juntamente com a flexibilização das condições do mercado de trabalho, reforçou as expectativas de que o Federal Reserve começará a cortar a taxa de juros em setembro.

O banco central dos EUA tem mantido sua taxa de juros na faixa de 5,25% a 5,50% desde julho, após um aumento total de 525 pontos-base desde março de 2022.

Os preços dos combustíveis importados aumentaram 2,4% em abril, depois de terem subido 5,4% em março. O custo dos alimentos importados aumentou 1,7%, de 1,6% em março.

Excluindo combustíveis e alimentos, os preços de importados aumentaram 0,6%, de 0,1% em março. O núcleo dos preços subiram 0,4% em abril em termos anuais.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.