Home Agronegócio Preços do cacau para fabricação de chocolate nos EUA atingem recorde antes do Dia dos Namorados

Preços do cacau para fabricação de chocolate nos EUA atingem recorde antes do Dia dos Namorados

Os preços do cacau em Nova York subiram 3,6% nesta quarta-feira, para 5.410 dólares a tonelada

por Reuters
0 comentário

Os preços do cacau na bolsa ICE de Nova York, a referência dos Estados Unidos para o ingrediente de fabricação de chocolate, subiram para o valor mais alto de todos os tempos nesta quarta-feira, superando o pico anterior estabelecido em 1977, em meio a uma escassez global da commodity agrícola.

O recorde histórico do preço do cacau nos EUA ocorre apenas alguns dias antes da comemoração do Dia dos Namorados no país, um dos períodos mais fortes de compra de chocolate, quando muitas pessoas trocam doces, flores ou cartões com seus entes queridos.

Os preços do cacau em Nova York subiram 3,6% nesta quarta-feira, para 5.410 dólares a tonelada. Os futuros do cacau em Londres também atingiram um recorde, ganhando 2,4% no dia, para 4.344 libras por tonelada.

O cacau de Nova York teve um aumento de 61% em 2023 e subiu 29% até agora neste ano, como resultado da queda da produção na África devido ao clima desfavorável.

O aumento dos preços do cacau nesta quarta-feira ocorreu após notícias de Gana, o segundo maior produtor do mundo, sobre uma queda anual de 35% na quantidade de cacau que chega aos armazéns de exportação do país.

(Imagem: REUTERS/Francis Kokoroko)
(Imagem: REUTERS/Francis Kokoroko)

Os corretores disseram que os relatórios de Gana, bem como da Costa do Marfim, o primeiro produtor, estão levando o mercado a um déficit de oferta muito maior do que o esperado anteriormente.

Em outras commodities, o açúcar bruto ganhou 1,4%, a 23,88 centavos de dólar por libra-peso, enquanto o açúcar refinado subiu 0,7%, a 656,50 dólares por tonelada.

O café arábica subiu 1,5%, a 1,8785 dólar por libra-peso, enquanto o café robusta ganhou 0,6%, a 3.115 dólares por tonelada.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.