Home Agronegócio Preços do café sobem no Vietnã com escassez, exportações caem

Preços do café sobem no Vietnã com escassez, exportações caem

Para o contrato de setembro, os grãos foram cotados com prêmio de 930 dólares, uma queda em relação aos 950 dólares da semana passada

por Reuters
3 min leitura

Os preços do café no Vietnã continuaram a subir esta semana devido à escassez do produto no mercado, uma vez que os agricultores reduziram seus estoques, enquanto os prêmios na Indonésia caíram ligeiramente, disseram os comerciantes na quinta-feira.

Os agricultores do Planalto Central, a maior área de cultivo de café do Vietnã, estavam vendendo os grãos por 120.000 a 122.000 dongs (4,71 a 4,79 dólares) por kg, um pouco acima dos 119.000 a 120.200 dongs da semana passada.

O Vietnã exportou 902.000 toneladas métricas de café no primeiro semestre deste ano, uma queda de 10,6% em relação ao ano anterior, segundo dados do governo. A receita de exportação de café no mesmo período, no entanto, aumentou 34,5%, chegando a 3,2 bilhões de dólares.

“O preço subiu ligeiramente devido aos fracos dados de exportação em junho”, disse um trader do cinturão do café.

“No entanto, com os estoques esgotados a partir de agora, as exportações mensais continuarão caindo até por volta de novembro, quando chegarão novos suprimentos da safra 2024/25.”

Nos primeiros nove meses da safra de 2023/24, o Vietnã exportou 1,25 milhão de toneladas métricas de café, segundo dados oficiais.

Os traders estimaram que as exportações totais dessa safra atingiriam até 1,5 milhão de toneladas métricas, 20% abaixo da safra anterior.

(Imagem: Reprodução/eliasfalla/PIxabay)
(Imagem: Reprodução/eliasfalla/PIxabay)

“As empresas nacionais não estão mais interessadas nos grãos dos agricultores, pois os preços estão muito altos. As atividades só poderão se fortalecer novamente quando os preços caírem abaixo de 100.000 dongs por kg, como em meados de maio”, disse Nguyen Ngoc Quynh, vice-chefe da Mercantile Exchange of Vietnam (MXV).

A Indonésia exportou 6.265,48 toneladas métricas de grãos de café robusta da ilha de Sumatra em maio, uma queda de 54% em comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo dados oficiais.

Os grãos de café robusta de Sumatra foram oferecidos com prêmio de 950 dólares para o contrato agosto, sem alteração em relação à semana passada, já que os torrefadores locais mantiveram sua posição.

Para o contrato de setembro, os grãos foram cotados com prêmio de 930 dólares, uma queda em relação aos 950 dólares da semana passada, disse outro trader.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.