Home Finanças Pessoais Propaganda e Educação Financeira Infantil

Propaganda e Educação Financeira Infantil

por Bernadette Vilhena
0 comentário

Propaganda e Educação Financeira InfantilTodos nós sabemos que as crianças e adolescentes fazem parte da cultura do consumo. Nenhum de nós nasceu consumista, mas esse é um comportamento aprendido desde cedo, muito cedo. O hábito de comprar em excesso é uma característica marcante em muitas famílias onde os filhos acabam tornando-se consumistas mirins.

Um mundo de consumo repleto de cores e novidades é apresentado para as crianças no cotidiano. As propagandas, as vitrines, o brinquedo novo do colega, a mochila do super-herói preferido, o celular com aplicativos incríveis, fica difícil resistir! E os pequenos espertos e atentos acabam direcionando a decisão dos pais.

Afinal, quem resiste a um pedido bem feito e aos olhinhos felizes ao ganhar o objeto de desejo? A criança nos toca a emoção, acabamos cedendo e comprando mais um presente. O período de contentamento com o novo “brinquedo” passa e lá está a criança novamente querendo outra coisa! É um ciclo sem fim.

Fazendo um recorte nesse cenário, temos de um lado a publicidade cumprindo seu papel de difusão comercial de produtos e do outro os consumidores. Olhando para os consumidores mirins conseguimos ver pais inseguros em colocar limites na hora das compras e muitos outros buscando o equilíbrio entre agradar seu filho, mas no momento certo.

Eu entendo que a Educação Financeira Infantil é um caminho seguro para ensinar seu filho a consumir com responsabilidade. Abolir as campanhas publicitárias infantis não resolveria o problema do consumismo, por isso em 2012 aceitei participar da campanha “Somos Todos Responsáveis”, uma iniciativa da ABAP (Associação Brasileira de Agências de Publicidade). Convido-o a assistir ao meu vídeo clicando aqui.

O objetivo desse trabalho é partilhar a opinião de especialistas, pais e mães sobre a relação criança-publicidade promovendo a convivência sadia e responsável delas com a propaganda. Nomes como Mário Sérgio Cortella, Luiz Felipe Pondé, Içami Tiba, Lídia Aratangy e Roberto Shinyashiki também contribuíram para esse debate.

Após esse tempo com o site no ar e com base nos milhares de testemunhos e dúvidas de pais e mães que a campanha ouviu no site e na página do Facebook, foram elaboradas cartilhas onde essas questões foram respondidas pelos maiores especialistas do Brasil em Pedagogia e Educação Infantil.

As publicações abordam as principais questões ligadas a esse tema que estão sendo debatidas em todo o mundo, como a obesidade e o consumismo infantil. A campanha “Somos Todos Responsáveis” oferece a versão digital para download gratuito, nos links abaixo. A leitura é uma oportunidade de aprendizado para todos:

Como educadora, acredito que somente a educação deixa marcas fortes em nossas crianças e adolescentes para que eles no futuro não se tornem consumidores endividados, sem limites. A propaganda é também um dos meios para ensinarmos educação financeira para nossos filhos. Pense nisso!

Foto shopping child, Shutterstock.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.