Dois grandes passos, tanto para a consolidação da psicologia econômica no Brasil, quanto para uma Educação Financeira que contribua de fato para a melhoria da vida das pessoas, foram dados nestas últimas semanas.

Núcleo de Estudo Comportamentais

O primeiro foi a criação do Núcleo de Estudos Comportamentais (NEC), no âmbito da Superintendência de Proteção e Orientação aos Investidores (SOI) da CVM, no dia 25 de abril, cujo objetivo é:

Oferecer reflexões, sugestões, críticas, recomendações e subsídios técnicos, baseadas em evidências e conhecimentos de economia comportamental, neurociências, pedagogia e psicologia econômica, social e cognitiva, entre outros, que contribuam para o aprimoramento da eficiência e efetividade das políticas de educação, incluindo informação e orientação, ao investidor.

A Dra. Vera Rita de M. Ferreira, precursora da psicologia econômica no Brasil, está entre os especialistas convidados para dar início às atividades do NEC. E o documento completo sobre a criação do Núcleo de Estudos Comportamentais pode ser encontrado na página da CVM.

Programa Educação Financeira nas Escolas

Durante a Semana Nacional de Educação Financeira, que ocorreu de 5 a 9 de maio, foi apresentado o Programa Educação Financeira nas Escolas, uma ação que faz parte da Estratégia Nacional de Educação Financeira – ENEF instituída pelo Decreto nº 7.397, de 22 de dezembro de 2010.

O grande diferencial do programa brasileiro em relação a outras iniciativas estrangeiras é a participação e engajamento do Ministério da Educação (MEC) e a inclusão da psicologia econômica no material didático, que ocorreu sob a supervisão da Dra. Vera Rita de M. Ferreira.

Vale ressaltar que o programa foi aplicado sob a forma de projeto-piloto em escolas do Ensino Médio da rede pública entre 2010 e 2011, tendo sido muito bem avaliado.

O Programa tem como objetivo “contribuir com a construção das competências necessárias para que os estudantes enfrentem os desafios sociais e econômicos da sociedade, e também para o exercício da cidadania.

O material didático, bem como informações sobre o Programa e a orientação completa sobre como implanta-lo podem ser encontradas neste no link www.edufinanceiranaescola.org.br/o-programa – clique e conheça.

Consulte os materiais mencionados neste texto e valorize iniciativas como as que procuramos enaltecer neste blog. A educação financeira é cada vez mais um tema presente e praticado nas famílias brasileiras. Ainda bem. Obrigada e até a próxima.

Foto “Glowing graph”, Shutterstock.

Adriana Spacca Olivares Rodopoulos
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários