Home Economia e Política Putin determina preços regulados para óleo combustível

Putin determina preços regulados para óleo combustível

A Rússia vem enfrentando escassez e elevados preços de combustíveis nos últimos meses

por Reuters
0 comentário

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que o governo disponibilize fundos estatais para garantir uma temporada tranquila de aquecimento no inverno, incluindo a introdução de preços regulados para o óleo combustível fornecido para aquecimento doméstico em algumas regiões, informou o Kremlin nesta quinta-feira.

A Rússia vem enfrentando escassez e elevados preços de combustíveis nos últimos meses. O óleo combustível está em período de alta demanda no Ártico e em outras regiões, que estão enfrentando um inverno rigoroso.

O documento, publicado no site do Kremlin, disse que o governo providenciará fundos para Murmansk e outras regiões do Ártico se prepararem para a temporada de aquecimento de 2023/2024 e para “a introdução da regulamentação de preços para o óleo combustível fornecido para a temporada de aquecimento”.

Apesar de ser um dos maiores produtores de petróleo do mundo, a Rússia sofreu com elevados preços internos e escassez de gasolina e diesel nos últimos meses, já que os altos preços de exportação tornaram vantajoso para as refinarias vender seus produtos no exterior.

Em 21 de setembro, a Rússia proibiu as exportações de combustíveis para combater os altos preços da gasolina e do diesel, bem como a escassez de combustível durante a temporada de colheita. Não há prazo para que as restrições sejam suspensas.

Rússia
(Imagem: Reprodução/Sputnik/AlexanderKazakov/Kremlin)

O Kremlin disse na quinta-feira que não havia prazo para suspender a proibição e que as restrições permaneceriam em vigor pelo tempo que fosse necessário.

Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, também disse aos repórteres que outras medidas para garantir a estabilidade do mercado de combustíveis seriam consideradas assim que a proibição fosse suspensa.

“O governo já observou repetidamente… que não há prazo aqui, a proibição continuará conforme necessário. Quando não houver mais necessidade disso, outras medidas serão consideradas”, disse ele.

O governo está considerando a possibilidade de aumentar os impostos de exportação para revendedores e introduzir cotas de exportação, semelhantes às medidas sobre as vendas de fertilizantes.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.