Qualificação, o único investimento com retorno garantidoNão me causou surpresa o resultado de uma recente pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que aponta que o brasileiro com curso superior ganha 225% mais do que aqueles que não concluíram a faculdade. Apesar de a realidade não nos surpreender tanto, trata-se de um dado que chama a atenção para a necessidade de buscar mais qualificação para, assim, conseguir melhores oportunidades e maiores salários.

Já tive a oportunidade de escrever sobre o assunto qualificação no artigo “Qualificação, sempre o melhor investimento” e, desde aquele momento (o artigo foi escrito em 2008), praticamente não houve mudanças no que diz respeito à busca por profissionais qualificados para certas carreiras. O fato é que existem vagas, mas faltam profissionais prontos para ocupá-las.

Mais estudo, maiores oportunidades
Quando o assunto é dinheiro, ou melhor, a forma como lidamos com o dinheiro, é mais do que natural o fator educação ser um elemento chave. Na prática, os que possuem mais estudo e conhecimento quase sempre tem a mente mais preparada para buscar os melhores produtos e oportunidades – o acesso a estas informações também é facilitado, especialmente no Brasil.

Agora vamos levar ao pé da letra a média da pesquisa, onde dois profissionais convivem com a diferença de 225% no salário recebido no final do mês. Qual destes cidadãos terá as melhores condições de viver dias melhores e manter a tranquilidade no futuro?

É verdade que existe a necessidade de adequar o padrão de vida, priorizar os investimentos e o planejamento para o futuro. Também concordo e defendo que ganhar bem não é a única questão que deve ser levada em consideração quando está em discussão a construção de patrimônio. O importante sempre é gastar menos do que se ganha e aprender a multiplicar parte das receitas.

Experiências e oportunidades para o resto da vida
O que fica explícito é que os que decidirem investir em formação, mesmo despendendo recursos para isso, terão “a faca e o queijo na mão” para, profissional e financeiramente, serem recompensados. Não pense que defendemos apenas a questão de possuir ou não um diploma. Ele é extremamente relevante em um país como o Brasil, mas a experiência de vida, os contatos e amigos que esse período de formação oferece para o estudante são igualmente especiais.

Um dado interessante da pesquisa do IBGE mostra que a diferença de salário entre homens e mulheres, mesmo ainda existindo (infelizmente), vem diminuindo nos últimos anos. A conclusão do estudo é que o quesito educação é um dos fatores que desencadeiam o sucesso profissional. Logo, o investimento em educação é um dos segredos do sucesso. Esse sim tem “rentabilidade” garantida!

Foto de sxc.hu.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários