Home Economia e Política Queima controlada no Pantanal será crime

Queima controlada no Pantanal ser√° crime

Marina Silva explicou que, embora o fen√īmeno deva ser considerado resultado de evento clim√°tico extremo tanto quanto no Rio Grande do Sul

por Agência Gov
3 min leitura

A pr√°tica de ‚Äúqueimas controladas‚ÄĚ para manejo, seja para pasto ou para qualquer cultivo, est√° proibida pelo menos at√© o final do ano. A ministra do Meio Ambiente e Mudan√ßa do Clima (MMA), Marina Silva, afirmou que um dos principais focos de enfrentamento √† seca no Pantanal ‚Äď a mais grave em 70 anos ‚Äď ser√° a criminaliza√ß√£o das queimadas provocadas por a√ß√£o humana. ‚Äú√Č preciso evitar o fogo em primeiro lugar‚ÄĚ, disse Marina, em entrevista concedida ap√≥s a segunda reuni√£o da¬†sala de situa√ß√£o instalada pelo governo¬†para prevenir e combater os danos da seca na Amaz√īnia e das queimadas no Pantanal.

A ministra colocou, portanto, os inc√™ndios criminosos entre os tr√™s fatores da crise ambiental no bioma. Os outros dois seriam a mudan√ßa clim√°tica e o agravamento do efeito prolongado dos fen√īmenos El Ni√Īo e La Ni√Īa.

Desse modo, Marina lembrou do¬†Pacto Interfederativo¬†para o Combate aos Inc√™ndios no Pantanal e na Amaz√īnia firmado entre o Governo Federal e os estados abrangidos pelos biomas.

S√£o eles Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Par√°, Amazonas, Maranh√£o, Acre, Amap√°, Roraima, Rond√īnia e Tocantins.

‚ÄúOs munic√≠pios que mais desmatam s√£o tamb√©m os mais atingidos pelos inc√™ndios‚ÄĚ, observou Marina Silva, informando que a sala de situa√ß√£o se reunir√° mais uma vez esta semana para avan√ßar nas decis√Ķes pr√°ticas envolvendo v√°rios minist√©rios:

-Meio Ambiente, Integra√ß√£o e Desenvolvimento Regional, Transportes, Planejamento e Or√ßamento, Justi√ßa e Seguran√ßa P√ļblica, Defesa e Comunica√ß√£o Social. Segundo a ministra do Planejamento, Simone Tebet, o grupo viaja a Corumb√° ‚Äď cidade na regi√£o do Pantanal onde est√£o as propriedades que mais desmatam e mais atingida pelos inc√™ndios ‚Äď para tomar contato com a realidade local e se reunir com autoridades e representantes da sociedade.

Marina Silva explicou que, embora o fen√īmeno deva ser considerado resultado de evento clim√°tico extremo tanto quanto no Rio Grande do Sul, as respostas governamentais se distinguem.

No Sul, trata-se da reconstrução de um estado já destroçado pelas cheias.

No Pantanal, o governo discute desde o ano passado a√ß√Ķes de preven√ß√£o j√° se antecipando aos efeitos da redu√ß√£o do intervalo entre El Ni√Īo (chuvas acima da m√©dia) e La ni√Īa (seca acima da m√©dia).

E agora, em ação que deve ser conjugada com estados e municípios, busca-se, além da prevenção, intensificar a responsabilização dos autores de práticas criminosas de queimadas.  

Al√©m do combate √†s queimadas, o governo decidiu liberar um aporte imediato de R$ 100 milh√Ķes para refor√ßar os or√ßamentos dos poderes locais na a√ß√Ķes emergenciais, tanto no combate ao fogo quanto no atendimentos √†s comunidades.

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.