Quer empreender? Sete motivos para ser um empreendedorVocê já pensou em trocar um emprego estável, com salário certinho no final do mês, um chefe autoritário e as normas rígidas de uma empresa pela vida ágil e imprevisível de um empreendedor? É preciso estar disposto a trabalhar muito, é claro, mas diante de desafios e oportunidades cuja motivação será inteiramente diferente.

Hoje vamos falar sobre os principais motivos para apostar no empreendedorismo como fonte de renda – e, claro, como fator de realização pessoal. Separei sete razões para seguirmos esse caminho. Confira!

1. Gostar de desafios. Para ser empreendedor é essencial gostar de correr riscos, de desafios e de superar obstáculos. Não há negócio 100% seguro e sempre haverão os altos e baixos. Portanto, é preciso gostar de enfrentar desafios para ingressar nesse meio. Quem prefere uma vida pacata e estável não deve se aventurar como empreendedor.

2. Parar de receber ordens. Um lado maravilhoso de ser empreendedor é ser seu próprio patrão. É você quem vai estabelecer seus horários, suas metas e terá a liberdade de escolher seus parceiros e clientes. Isso, sem dúvida, dá uma sensação de liberdade incrível. Mas é preciso ter muita responsabilidade, é claro.

3. Liberdade de escolha Ser dono do próprio negócio faz de você o “dono do seu nariz”. Assim, você vai poder agir da maneira que considera sempre mais acertada, mais honesta e mais eficaz. Você é quem decide os caminhos que seu negócio vai seguir.

4. Fugir da monotonia. Ter o próprio negócio é sempre desafiador e dinâmico, pois o mercado muda o tempo todo. Portanto, a vida de um empreendedor é sempre movimentada, ágil, cheia de imprevistos e nunca segue aquela sequência mecânica da vida de um funcionário com carteira assinada. A monotonia não existe na vida do empreendedor.

5. Flexibilidade de horários. Você pode escolher quais os melhores horários para executar as tarefas de seu negócio. Se você é mais produtivo à noite, poderá se dedicar mais ao trabalho nesse período, pois é você quem faz sua rotina. Aqui, você não estará sujeito e rigidez de um cartão de ponto.

6. Possibilidade de ganhos maiores. Se por um lado é ruim o fato de não ter um salário fixo, por outro essa realidade tem suas vantagens. Pois, se a empresa é bem organizada, sua renda poderá ser bem maior que a de um salário prefixado. Não ter limites pode significar voos mais altos (mais dinheiro no bolso com o crescimento da empresa).

7. Realizar seus sonhos. Ter seu próprio negócio lhe permite investir no que realmente gosta e acredita, não estando subordinado às vontades de chefes antiquados, autoritários ou simplesmente diferentes de você. Sendo empreendedor, você pode tornar seus sonhos uma realidade e ter aquilo que sempre desejou. E isso não tem preço.

E aí, se animou a investir no seu próprio negócio e começar a empreender? Para refletir, preste atenção no que diz Henry Ford: “Um negócio que não produz nada além de dinheiro é um negócio pobre”. Bons negócios e até a próxima.

Foto de sxc.hu.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários