O mercado de investimentos é bastante atrativo para quem deseja ver o dinheiro crescer, e isso é excelente! Conviver e saber aproveitar os investimentos que oferecem mais risco é um desafio que muitos investidores enfrentam diariamente, e a regra é clara: quanto maior o risco, maior poderá ser o retorno.

Não correr riscos, de acordo com o homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann, é o maior risco que existe. Para que essa visão funcione, é necessário que o investidor tenha um perfil específico e conheça muito bem os detalhes do investimento. Resumindo: o risco precisa sempre ser muito bem calculado, mas não pode ser eliminado.

Para quem sabe onde está pisando, tudo acaba sendo mais natural. Analisando os investidores que ganharam muito, percebi uma característica que pode fazer toda a diferença: a ambição. Ao mesmo tempo, notei que aqueles que fazem da ganância um meio de vida costumam fracassar e/ou serem infelizes.

Investidor ambicioso X investidor ganancioso

O perfil do investidor de sucesso inclui uma base sólida de educação financeira, definições de objetivos, plano de investimentos, estratégias e avaliação de riscos, de investimentos e instituições.

Dessa forma, um investidor ambicioso vence porque é aquele investidor responsável, cujos rendimentos são saudáveis – mesmo lidando com o risco, ele sabe que todo passo precisa ser muito bem estudado.

Já o investidor ganancioso é o tipo de investidor que procura sempre investimentos com alta rentabilidade e/ou rendimentos infinitos, mas sem muito compromisso com a estratégia e disciplina.

Os gananciosos querem ganhar de uma vez um grande montante de dinheiro e decidem arriscar muito mais pelo puro desejo de apostar do que pelo planejamento e olhar cuidadoso em torno das boas oportunidades.

Em alguns casos, o investidor ganancioso é o mesmo que escolhe investimentos ruins, duvidosos ou mesmo fraudulentos, agindo assim simplesmente pela promessa de rendimentos elevados.

Como identificar o seu perfil?

Para saber em qual perfil você se encaixa, existem alguns exemplos práticos de comportamento que podem indicar qual tipo de investidor você é. São apenas algumas questões que servem de provocação para saber quem tem ambição ou simplesmente ganância.

Faça uma reflexão sincera quanto aos temas abaixo:

  • Você considera investir mesmo tendo diversas dívidas?
  • Na hora de escolher o melhor investimento, você leva em consideração apenas a rentabilidade, desprezando a incidência de impostos e taxas ou mesmo a característica do investimento em termos de risco?
  • Está sempre alerta e disposto a investir em um negócio duvidoso pela simples promessa de lucros rápidos e elevados?
  • Você se preocupa apenas com o lucro na hora de investir, desconsiderando a importância de se preparar e estudar um pouco sobre as principais características de cada investimento e até mesmo perder algum dinheiro durante o aprendizado?

Quem se enxergou ao refletir e responder “Sim” à maioria das questões acima possui grandes chances de ser um investidor ganancioso, que não enxerga a necessidade de se preparar com cuidado hoje para tomar boas decisões para o futuro.

Como o investidor ambicioso vence? 

Se você quer ser um investidor de sucesso, saiba que ambição é uma qualidade necessária; é ela que garante a disposição e motivação para correr alguns riscos (controlados) e constrói o discernimento necessário na hora de escolher o que é realmente melhor.

Veja algumas características presentes no investidor que sabe diferenciar ambição e responsabilidade daqueles que vivem apenas da ganância:

  • Estratégia. Você pode até ganhar algum dinheiro sem ela, mas a estratégia é que vai dividir os investidores entre os que ganham de verdade, os que ganham bem menos do que o esperado e os que perdem. Se você quer vencer e ganhar dinheiro, é indispensável que você defina uma estratégia, inclusive levando em consideração a atual situação do mercado e previsões futuras. A ideia é que você tenha objetivos e saiba onde e como investir para o curto, médio e longo prazo, maximizando seu lucro sempre;
  • Proteção. Você fez um investimento interessante, certo, mas o mercado mudou abruptamente. O que fazer? Nessas horas, é importante garantir a proteção do investimento para que os seus rendimentos sejam mantidos. Pode ser interessante realizar os lucros e buscar uma alternativa ou mesmo lançar mão de instrumentos de proteção (hedge) para diminuir as perdas (moeda, ouro, investimentos no exterior são alguns exemplos disso). O melhor jeito de garantir a proteção do seu capital é estar disposto a modificar sua estratégia de acordo com o mercado e também suas expectativas, diversificando de forma inteligente e analisando de tempos em tempos a sua carteira de investimentos;
  • Gerenciamento de riscos. Por menor que seja, todo investimento possui um risco agregado e seu lucro será tão maior quanto for o risco assumido. Apesar disso, somente investidores gananciosos costumam assumir riscos elevados sem o gerenciamento e o conhecimento irrestrito do risco. O gerenciamento de riscos é a soma dos itens anteriores com o olhar específico e detalhado em torno dos ativos e seus riscos;
  • Tomada de decisões de investimento. Não menos importante, o investidor deve estar atento ao momento correto para tomar decisões de investimento. Muitas oportunidades surgem e passam rapidamente, então ter o timing exato é fundamental para garantia de bons negócios.

Conclusão

Muita gente acaba confundido ambição e ganância. Talvez o limite entre as duas características realmente seja pequeno, mas claro o suficiente para separar investidores inteligentes dos amadores (estes costumam ser gananciosos por ingenuidade).

De concreto, existe a percepção de que a ganância acaba em diversos momentos sendo um dos principais inimigos dos investidores de sucesso. Há, por exemplo, quem acredite que a Bolsa de Valores é como um cassino, um jogo, e isso é muito perigoso.

Se você percebeu que está exagerando ou se a ganância está transformando sua maneira de ser e investir, cuidado! Você está diante do momento certo para mudar suas atitudes e rever alguns conceitos.

Olhe ao seu redor e busque referências de pessoas que conseguiram o sucesso. Você certamente passará a enxergar que a ambição na medida certa é o remédio para os males da ganância.

Alguns anos atrás, um artigo no Dinheirama que trata da ganância humana me marcou profundamente (clique para ler), pois colocou em discussão a essência do que realmente representa a ganância; ela cega as pessoas e acaba sendo uma cilada imperceptível àqueles que só pensam em se dar bem. Até a próxima!

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários