Home Agronegócio Raízen tem prejuízo de R$ 178 mi no 4º tri da safra 2023/24

Raízen tem prejuízo de R$ 178 mi no 4º tri da safra 2023/24

O resultado da Raízen foi impactado pela piora da linha financeira em 25,8%, que foi de R$ -1,363,4 bilhão para R$ - 1,715 bilhão

por Reuters
0 comentário

A Raízen (RAIZ4) registrou prejuízo líquido ajustado de 178 milhões de reais no quarto trimestre da safra 2023/24, versus lucro líquido ajustado de 2,5 bilhões de reais no mesmo trimestre da safra 2022/23, informou em um comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (13).

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou 3,69 bilhões de reais, recuo de 37,7% na comparação com o mesmo período da safra anterior.

O resultado foi impactado pela piora do resultado financeiro líquido total em 25,8%, que foi de – R$ 1,363,4 bilhão para – R$ 1,715 bilhão.

Segundo a Raízen, o aumento reflete principalmente a desvalorização cambial na Argentina equivalente a R$ 75 milhões no trimestre e R$ 883 milhões no ano, além de efeitos da variação cambial e resultados de derivativos não designados para hedge accounting sobre empréstimos e financiamentos, bem como outras despesas.

Perspectivas

A empresa disse ainda que espera um Ebitda ajustado de 14,5 bilhões a 15,5 bilhões de reais para o ano-safra 2024/25, iniciado em 1º de abril e que encerrará em 31 de março de 2025.

Segundo fato relevante nesta segunda-feira, a Raízen também prevê investimentos da ordem de 10,5 bilhões a 11,5 bilhões de reais na safra 2024/25.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.