Reapresentação do Clube de Investimentos DinheiramaDepois de uma separação, pedras nos rins, férias e gripe suína, cá estou de volta. Agradeço a todos pelas mensagens motivacionais e volto para contar as novidades sobre o nosso clube de investimentos. Pois é, volto para convidá-los a participar do Clube de Investimentos Meninas com Dinheirama. Apesar do nome, ele não é mais restrito ao público feminino. Abrimos as portas aos meninos e a entrada deles trouxe um gás ao nosso clube. Para aqueles que se perguntam sobre o nome do clube, sim, mudaremos o nome em breve. Meninos, não sejam preconceituosos.

Apesar da crise iniciada há um pouco mais de um ano (e com a retomada nas últimas semanas, trazendo resultados já no segundo semestre de 2009), quem está desde o início (out/08) garantiu rentabilidade acumulada de 58,39% (data de referência: 01/10/09). O mercado de ações[bb] pode ser um interessante aliado para o futuro.

Detalhes do clube
Nosso corretor agora é o Sulivan Diniz[email protected] -, que está disponível para nos ajudar e tirar todas as nossas dúvidas. Se quer participar, basta enviar um e-mail para ele e aguardar pelas instruções. A corretora Geração Futuro disponibiliza aos cotistas informações bastante úteis tanto sobre o mercado quanto ao clube, além de ter uma gama interessante de produtos ao investidor. Para quem não se lembra das principais características do clube, basta acessar e ler com cuidado ao artigo de lançamento do clube clicando aqui.

Segue abaixo um pequeno resumo das empresas do portfólio do clube:

  • Banco do Brasil (BBAS3): líder brasileiro em número de clientes, ativos, agências e terminais de autoatendimento; indicadores de eficiência atualmente muito próximos aos padrões das instituições privadas; distribuição de dividendos atrativa.
  • Forjas Taurus (FJTA4): detém cerca de 15% do mercado americano de armas leves; crescimento da demanda brasileira por armas de calibre restrito para uso particular de policiais e guardas municipais; expectativa de crescimento da demanda de capacetes, dado ao aumento das vendas de motos no Brasil; implantação de novas ferramentas de gestão.
  • Gerdau (GGBR4): 12º maior produtora de aço do mundo; ampla variedade de produtos; está sendo beneficiada pelos programas governamentais no setor de construção civil (Programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo); estratégia de crescimento e internacionalização focada em rentabilidade; busca por oportunidades de aquisições.
  • Guararapes (GUAR4): modelo de negócio diferenciado, integrando operações têxteis e varejistas, como as Lojas Riachuelo; nível avançado de consolidação de suas operações financeiras, com sua carteira com mais de 15 milhões de unidades de cartões Private Label.
  • Petrobrás (PETR4): crescente demanda mundial por petróleo; investimentos que visam aumentar a capacidade de extração; possibilidade real de aumentos consideráveis em suas reservas de óleo e gás e novas áreas localizadas na camada pré-sal.
  • Randon Participações (RAPT4): uma das principais empresas mundiais de logística e autopeças para veículos pesados, beneficiada pela alta necessidade de investimentos em infraestrutura de transporte no Brasil; estratégia de verticalização das atividades; criação de joint-ventures com empresas internacionais em busca de tecnologia e acesso a mercados de difícil penetração.
  • Usiminas (USIM5): posicionamento de destaque em segmentos promissores, como tubos de grande diâmetro, indústria naval e setor automotivo; projeção de novos investimentos para expansão da capacidade.
  • VCP (VCPA3): aumento da demanda de celulose; custos beneficiados pelo clima, alta tecnologia e mão-de-obra qualificada; investimento contínuo em pesquisa e desenvolvimento.
  • Vale (VALE5): maior produtora mundial de minério de ferro e pelotas do mundo e 2ª maior produtora de níquel; crescimento da demanda mundial no consumo de minerais.
  • Weg (WEGE3): acesso a diferentes segmentos de diferentes mercados do setor de energia elétrica; considerada uma grande competidora por ter tecnologia de ponta e atualização dos seus produtos.

As informações foram retiradas do Relatório de Gestão 4º Trimestre de 2009 – Geração Futuro

Vale lembrar que o Dinheirama não recebe nenhum tipo de remuneração no clube. Os investimentos[bb] de seus participantes rendem exatamente o mesmo de todos os cotistas. A intenção do Dinheirama neste caso é disseminar a cultura do investimento em ações, dando oportunidades a todos com aportes iniciais de R$ 100,00.

Se quiser entrar em contato direto comigo para mais detalhes, use os contatos abaixo:

Crédito da foto para stock.xchng.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários