A Receita Federal irá depositar nesta sexta-feira (15), o pagamento do segundo lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2016. O lote inclui também restituições de 2008 a 2015 que tinham ficado na malha fina.

O segundo lote contempla 1.490.266 contribuintes, que receberão no total cerca de R$ 2,5 bilhões.

Como abrange outros lotes, o crédito bancário será depositado para um total de 1.566.533 contribuintes, no valor de R$ 2,7 bilhões.

Desse total, R$ 951,6 milhões serão destinados a contribuintes que, por lei, têm preferência no recebimento da restituição. São 477.147 contribuintes idosos e 51.310 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita, ou ligar para o Receitafone, pelo número 146. Em ambos os casos é preciso ter em mãos o número do CPF.

PIB da china divulgado acima das expectativas

O produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6,7% no segundo trimestre, na comparação com o mesmo período do ano anterior, mantendo o mesmo ritmo registrado no trimestre anterior, segundo dados divulgados na noite de quinta-feira (14), pelo Escritório Nacional de Estatísticas. Para analistas, o resultado indica que as ações do governo chinês para estimular a economia podem estar surtindo algum efeito.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o número veio ligeiramente acima da média prevista por 16 analistas consultados pelo Wall Street Journal, de crescimento de 6,6%. Ainda assim, foi o crescimento trimestral mais lento para o país desde o primeiro trimestre de 2009, quando a economia expandiu 6,2% na comparação com o mesmo período de 2008.

No segundo trimestre deste ano, o PIB da China cresceu 1,8% ante o primeiro trimestre, em uma base sazonalmente ajustada.

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) cortou sua taxa de juros seis vezes desde novembro de 2014, em um esforço para impulsionar a economia ao aumentar os gastos em infraestrutura e reduzindo a carga tributária das empresas.

Aluguel apresenta queda significativa no semestre

O preço de aluguel residencial fechou o primeiro semestre com a maior queda dos últimos nove anos. Segundo o Índice FipeZap, o recuo médio em 11 cidades brasileiras chegou a 1,78% no período, novo recorde negativo da série iniciada em 2008. No auge do boom imobiliário, em 2011, o indicador chegou a valorizar 11,6%.

O comportamento do mercado de locação é mais abrupto do que o de vendas de imóveis – o valor do metro quadrado registrou estabilidade nos seis primeiros meses do ano. “A locação não tem a mesma rigidez do mercado de venda. O proprietário prefere dar um desconto a pagar as despesas com IPTU e condomínio.

Mercado financeiro

Mais um atentado na França trouxe apreensão global frente ao poder que o terrorismo vem demonstrando, principalmente na Europa. O atentado em Nice deixa o saldo de pelo menos 84 mortos.

Os dados do crescimento chinês, para o segundo semestre, é a notícia positiva, mesmo ainda sendo aguardados números de inflação e vendas no varejo.

O Ibovespa, principal benchmark da Bolsa de Valores de São Paulo, opera as 11h20 perto da estabilidade, em alta de +0,02% com 55.491 pontos, acompanhada pelo dólar, que é negociado a R$ 3,264, em alta de +0,13%.

Foto: USP Imagens / Fotos Públicas

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários