A proposta de revisão do sistema previdenciário do Brasil poderá ser colocada em votação nos próximos dias. Tal assunto é pauta recorrente em praticamente todas as mídias. Inclusive fora do Brasil.

O Governo está em busca da aprovação desde o ano passado. Vamos falar um pouco da real e urgente necessidade da Reforma da Previdência.

Em dezembro do ano passado o Presidente Michel Temer falou para líderes empresariais. Temer advertiu que o Brasil teria que fazer grandes cortes  em gastos públicos (assim como fez, Chile e Portugal, por exemplo) e aprovar reformas em um sistema de pensões insustentável para as finanças públicas como ocorre atualmente no Brasil.

Leia também: Aposentadoria: assuma as rédeas de seu futuro ou prepare-se para virar estatística

Uma medida impopular

Temer precisou reduzir a extensão da medida impopular para conseguir votos no Congresso, mas disse que a versão atual ainda salva o Tesouro em R$600 milhões de reais por ano, abaixo de 800 milhões de reais que era o plano inicial da reforma.

Investidores estão observando atentamente como está caminhando o projeto de lei, que muitos consideram importantíssimo para estancar a crescente dívida pública brasileira. Além disso, 2018 é um ano de eleição e a demora pode ser crucial pois o País estaria frente a frente com uma urgência de votação e a eleição que aproxima.

Henrique Meirelles, Ministro da Fazenda, chamou a reforma de “essencial” para controlar o enorme déficit orçamentário. Segundo ele, o pagamento de aposentadorias com valores elevados consome 50% dos gastos do Governo.  E se nada for feito chegará a 80% em aproximadamente 10 anos.

Leia também: Aposentadoria? Talvez você nunca saiba o que isso significa

A verdade por trás dos fatos

O fato é que a Reforma é necessária e inevitável. O Brasil terá uma população substancialmente mais velha já nos próximos anos.  Estima-se que em a população com 65 anos ou mais ira triplicar nas próximas 4 décadas chegando a 38% da população em 2050. Se nada for feito, o país não terá recurso para pagar tantas aposentadorias e benefícios.

O projeto de lei propõe aumentar a idade em que os brasileiros podem se aposentar e contribuir para a previdência social.  Os pagamentos de pensões no Brasil está entre os mais generosos do mundo,  particularmente para funcionários do setor público.

Assista: Debate sobre Previdência e economia

A Reforma é uma necessidade real

A Reforma se faz necessária inclusive para restaurar a confiança dos investidores externos, abalada com o recente rebaixamento da nota de crédito por uma agência de risco.

Muitos Países já passaram por um processo de mudança em seus sistemas de aposentadoria e adequaram modelos sustentáveis do ponto de vista atuarial.

Muitas empresas privadas e até mesmo grandes empresas do Governo buscam alternativas para seus funcionários através de Planos de Previdência Privada Empresarial (conhecido como planos corporativos), até porque as empresas tem um bom incentivo fiscal ao oferecerem esse benefício aos seus funcionários.

Se você, leitor, é funcionário de alguma empresa verifique se ela oferece esse benefício e não deixe de participar. E se você não é, verifique as várias opções de planos de previdência privada que são oferecidos no mercado. Fica a dica para ter uma aposentadoria mais tranquila.

Abraão Rodrigues
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários