Home Empresas Rivian corta empregos e prevê produção anual abaixo das estimativas

Rivian corta empregos e prevê produção anual abaixo das estimativas

A Rivian tem registrado prejuízo em todos os veículos que vende e espera registrar seu primeiro trimestre de margem bruta positiva ainda este ano

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Rivian/ Facebook)

A Rivian informou nesta quarta-feira que vai reduzir sua força de trabalho em 10% e projetou uma produção de veículos elétricos para este ano amplamente abaixo das expectativas, prejudicada pelo tempo que passou com fábricas inativas para melhorias e desaceleração da demanda por elétricos diante de juros elevados.

As ações da empresa caíam cerca de 16% nas negociações pós-mercado após a Rivian anunciar que espera produzir 57.000 veículos em 2024, bem abaixo das estimativas de 81.700 unidades, de acordo com oito analistas consultados pela Visible Alpha. A companhia produziu 57.232 veículos no ano passado.

“Há uma série de desafios em nível macro… os consumidores estão agindo de maneira mais consciente”, disse o presidente-executivo da Rivian, RJ Scaringe, à Reuters.

A Rivian, apoiada pela Amazon.com (AMZNAMZO34), tem gastado dinheiro para acelerar a produção de seus SUVs R1S e picapes R1T enquanto investe na construção de uma nova fábrica na Geórgia e perde milhares de dólares em cada veículo que fabrica.

A queima de caixa da empresa ocorre em um momento em que a demanda por veículos elétricos tem desacelerado. O presidente-executivo da Tesla (TSLATSLA34), Elon Musk, chegou a alertar que as altas taxas de juros estão tornando os carros inacessíveis.

As entregas da Rivian caíram 10% no quarto trimestre, aquém das expectativas.

A receita para o período de outubro a dezembro, no entanto, ficou em 1,32 bilhão de dólares, acima das estimativas de Wall Street de 1,26 bilhão, segundo dados da LSEG.

A Rivian tem registrado prejuízo em todos os veículos que vende e espera registrar seu primeiro trimestre de margem bruta positiva ainda este ano.

A empresa divulgou prejuízo líquido de 1,52 bilhão de dólares para o quarto trimestre encerrado em 31 de dezembro, em comparação com um prejuízo de 1,72 bilhão um ano antes.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.