Home Comprar ou Vender Roupas da Shein são 33% mais baratas do que na C&A

Roupas da Shein são 33% mais baratas do que na C&A

A plataforma chinesa Shein é mais barata que as principais redes de lojas no Brasil: Renner (LREN3), Riachuelo (GUAR3) e C&A (CEAB3)

por Gustavo Kahil
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Chen Lin/Foto de arquivo)

A plataforma chinesa Shein é 28% mais barata que a Renner (LREN3), 31% que a Riachuelo (GUAR3) e 33% que a C&A (CEAB3), aponta um estudo do BTG Pactual com uma cesta de oito produtos de vestuário.

A grande diferença acontece mesmo após esta cesta de produtos da Shein ter ficado mais cara do que nas últimas pesquisas realizadas em abril e outubro de 2023.

“Apesar dos preços competitivos da Shein no mercado local, nossa pesquisa mostra que seus produtos são 70% mais caros no Brasil do que nos EUA, e 219% mais caros ajustando para a paridade do poder de compra, tornando-o um dos mercados globais mais caros para Shein”, explicam os analistas do banco.

O BTG lembra, contudo, que com combinado com um potencial aumento na tributação, isto deverá significar que a Shein competirá nas mesmas (ou pelo menos mais próximas) condições que os produtores e varejistas locais, o que poderá levar a preços mais elevados e a desafios semelhantes para expandir sua capacidade de produção.

A rapidez de colocação no mercado e a poderosa abordagem de vendas sociais, entretanto, devem continuar a ser uma enorme força num mercado altamente competitivo.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.