Home Economia e Política Rússia coloca Zelenskiy em lista de procurados

Rússia coloca Zelenskiy em lista de procurados

A agência estatal TASS informou que o banco de dados do Ministério do Interior russo mostrou que Zelenskiy estava em uma lista de procurados

por Reuters
0 comentário

A Rússia abriu um processo criminal contra o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, e o colocou em uma lista de procurados, informou a agência de notícias estatal TASS neste sábado, um anúncio que a Ucrânia minimizou como prova do “desespero” de Moscou.

A TASS informou que o banco de dados do Ministério do Interior russo mostrou que Zelenskiy estava em uma lista de procurados, mas não deu mais detalhes.

O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia lembrou que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, está sujeito à prisão sob um mandado do Tribunal Penal Internacional.

“Gostaríamos de lembrar que, ao contrário dos inúteis anúncios russos, um mandado do Tribunal Penal Internacional para a prisão do ditador russo Vladimir Putin por suspeita de crimes de guerra é bastante real e está sujeito à implementação em 123 países”, disse o Ministério das Relações Exteriores ucraniano em um comunicado.

A pasta disse que o anúncio russo é “prova do desespero da máquina estatal e da propaganda russa, que não consegue pensar em outra maneira de atrair a atenção”.

A Rússia emitiu mandados de prisão para vários políticos ucranianos e de outros países europeus desde o início do conflito com a Ucrânia em fevereiro de 2022.

Em fevereiro, a polícia russa colocou a primeira-ministra da Estônia, Kaja Kallas, o ministro da cultura da Lituânia e membros do antigo Parlamento da Letônia em uma lista de procurados por destruir monumentos da era soviética.

A Rússia também emitiu um mandado de prisão para o promotor do Tribunal Penal Internacional que, no ano passado, preparou o mandado de prisão por crimes de guerra de Putin.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.