Home Empresas Salesforce: Receita e lucro abaixo das estimativas no 2º tri

Salesforce: Receita e lucro abaixo das estimativas no 2º tri

Para o segundo trimestre, a Salesforce espera lucro ajustado por ação entre 2,34 e 2,36 dólares, ante estimativas de 2,40 dólares

por Reuters
0 comentário

A Salesforce (CRM; SSFO34) previu nesta quarta-feira lucro e receita abaixo das estimativas de Wall Street para o segundo trimestre, devido a uma fraca demanda dos clientes por seus produtos empresariais e de nuvem, fazendo com que suas ações caíssem mais de 16% após o fechamento do mercado.

A empresa espera uma receita entre 9,20 bilhões e 9,25 bilhões de dólares, em comparação com estimativas de 9,37 bilhões de dólares, de acordo com dados da LSEG.

A previsão da Salesforce indica que os clientes estão reduzindo os gastos, com a possibilidade de juros elevados por mais tempo e alta inflação nos Estados Unidos levando os consumidores a manter um controle rígido sobre os custos.

No primeiro trimestre, a empresa reportou uma receita de 9,13 bilhões de dólares, abaixo da estimativa média dos analistas de 9,18 bilhões de dólares.

O resultado também contrasta com um trimestre forte de gigantes da computação em nuvem, como Amazon.com e Microsoft, que se beneficiaram de maiores gastos dos clientes.

No entanto, o lucro ajustado por ação da Salesforce no primeiro trimestre aumentou 44%, para 2,44 dólares, superior à estimativa dos analistas de 2,38 dólares.

A empresa manteve sua previsão de receita para o ano, mas reduziu suas expectativas de margem operacional para 19,9%, versus previsão anterior de cerca de 20,4% para o ano fiscal de 2025.

Para o segundo trimestre, a Salesforce espera lucro ajustado por ação entre 2,34 e 2,36 dólares, ante estimativas de 2,40 dólares.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.