Home Economia e Política Secretário de Estado dos EUA visitará Israel, Cisjordânia e Emirados Árabes para tratar de ajuda a Gaza

Secretário de Estado dos EUA visitará Israel, Cisjordânia e Emirados Árabes para tratar de ajuda a Gaza

Essa será a terceira viagem de Blinken ao Oriente Médio desde o dia 7 de outubro

por Reuters
0 comentário

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, fará uma visita a Israel, à Cisjordânia e aos Emirados Árabes Unidos nesta semana, disse nesta segunda-feira uma importante autoridade do Departamento de Estado, com o objetivo de pressionar por mais ajuda humanitária para a Faixa de Gaza e assegurar a libertação dos reféns tomados pelo Hamas.   

“O secretário vai salientar a necessidade de manter um maior fluxo de assistência humanitária à Faixa de Gaza, assegurar a libertação de todos os reféns e melhorar as condições dos civis em Gaza”, afirmou uma importante autoridade do Departamento, que não quis se identificar.   

Blinken também discutirá o que os EUA pretendem ver na Faixa de Gaza se Israel for capaz de eliminar o Hamas, além da necessidade de haver um Estado palestino independente. Ele participará ainda do encontro do clima COP28, em Dubai.   

Essa será a terceira viagem de Blinken ao Oriente Médio desde o dia 7 de outubro, quando militantes do Hamas mataram mais de 1.200 pessoas e levaram 240 reféns.   

Em resposta, Israel bombardeou a Faixa de Gaza, um enclave densamente povoado na região costeira e que abriga 2,3 milhões de pessoas, e realizou uma ofensiva terrestre no norte. As ações deixaram mais de 15 mil palestinos mortos, segundo as autoridades de saúde de Gaza.   

Alguns reféns foram libertados recentemente, em troca de palestinos detidos por Israel, em um acordo mediado pelo Catar e pelo Egito e que teve a concordância israelense, do Hamas e dos EUA.   

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.