Home Finanças Pessoais Seleção da Copa das Confederações vale R$ 1,16 bilhão

Seleção da Copa das Confederações vale R$ 1,16 bilhão

por Willian Binder
0 comentário

Seleção da Copa das Confederações vale R$ 1,16 bilhãoO futebol é um negócio que movimenta uma expressiva quantia de dinheiro. Na última segunda-feira (13), publicamos o faturamento de clubes brasileiros de futebol. Os valores de luvas do novo contrato de transmissão com a TV Globo impulsionaram um crescimento no faturamento total em 38%, registrando um valor de R$ 3,08 bilhões.

O valor assusta? Então se prepare: a Seleção Brasileira, formada por 23 jogadores e convocada na última terça-feira (14) por Luiz Felipe Scolari, tem valor de mercado de R$ 1,162 bilhão. De acordo com a Pluri Consultoria, o total dos jogadores convocados por Felipão somam 447,1 milhões de euros.

O talento de Neymar somado com sua exposição na mídia parece trazer bons retornos financeiros. O atacante do Santos é o jogador mais valioso entre os 23, com valor de mercado de 55 milhões de euros (R$ 143 milhões). Logo atrás está Hulk, jogador do Zenit. O atacante está avaliado em 42,1 milhões de euros (R$ 109,1 milhões).

Os goleiros convocados compõem o setor mais desvalorizado. Julio Cesar (QPR), Jefferson (Botafogo) e Diego Cavalieri (Fluminense) somam juntos um pouco mais de R$ 30 milhões, sendo que os dois primeiros têm o mesmo valor (R$ 10,9 milhões) e o último um pouco mais (R$ 11,4 milhões).

Completando a área defensiva da Seleção Brasileira estão grandes craques do futebol mundial. O capitão Thiago Silva é o mais valorizado, com R$ 99,8 milhões, seguido por Marcelo, do Real Madrid (R$ 75,1 milhões), Daniel Alves, do Barcelona (R$ 64,7 milhões), David Luiz, do Chelsea (R$ 60,8 milhões), Dante, do Bayern de Munique (R$ 29,9 milhões), Filipe Luis, do Atlético de Madrid (R$ 29,4 milhões), Jean, do Fluminense (R$ 16,4 milhões) e Réver, do Atlético-MG (R$ 14,6 milhões).

Descontando os goleiros, a defesa brasileira soma R$ 390,7 milhões. No caso dos meio campistas, o total de valor de mercado é R$ 406,9 milhões.

Estão na lista: Lucas, do PSG (R$ 96,7 milhões), Oscar, do Chelsea (R$ 84,8 milhões), Hernanes, da Lazio (R$ 58,2 milhões), Luiz Gustavo, do Bayern de Munique (R$ 45,5 milhões), Paulinho, do Corinthians (R$ 41,1 milhões), Bernard, do Atlético-MG (R$ 38,8 milhões), Fernando, do Grêmio (R$ 23,1 milhões) e Jadson, do São Paulo (R$ 18,7 milhões).

Por fim, só os quatro atacantes da lista de Felipão somam um valor de mercado de R$ 332,3 milhões. Eles são: Neymar, do Santos (R$ 143 milhões), Hulk, do Zenit (R$ 109,5 milhões), Leandro Damião, do Internacional (R$ 61,1 milhões) e Fred, do Fluminense (R$ 18,7 milhões).

Os “estrangeiros” equivalem a 66% do total, ante 34% dos nacionais.

Fonte: Terra. Foto de freedigitalphotos.net.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.