Muitos leitores procuram investimentos que sejam rentáveis, que apresentem risco baixo ou moderado, mas principalmente que não requeiram tempo para serem gerenciados.

O motivo é simples: não há tempo na agenda dessas pessoas para ficar acompanhando o mercado financeiro, devido à natureza do trabalho que realizam.

Para essas pessoas, existe um tipo de investimento que atende suas necessidades: os Fundos de Investimento (em especial os Multimercados).

Os Fundos são compostos por uma cesta de investimentos, como títulos públicos, ações, imóveis, etc. Cada Fundo tem sua própria característica e distribuição de ativos.

Os Multimercados apresentam maior diversificação e com isso tendem a captar alguns movimentos interessantes em vários tipos de investimento.

Não serve qualquer Fundo

O problema é que a maioria dos Fundos são ruins. Entenda ruins como Fundos que cobram altas taxas de administração e entregam baixas rentabilidades.

Afinal, se um Fundo apenas pega o seu dinheiro e compra títulos públicos, já não há vantagens em se utilizar este tipo de investimento.

Um bom fundo apresenta algumas características importantes (clique aqui para ver), mas a que nos chama mais atenção é a competência dos gestores e também a forma como eles próprios são remunerados.

Os bons Fundos vinculam o pagamento dos administradores com o resultado da rentabilidade. Em outras palavras, se o Fundo vai bem, o gestor ganha bem. Se o Fundo vai mal, o gestor ganha mal (ou não ganha).

De 2.643 Fundos, apenas 7 foram eleitos

Esta é a “pergunta do milhão” dos investidores: “Quais são os melhores Fundos de Investimento do mercardo”?

Você há de concordar conosco, que a resposta requer um grande trabalho. Só para você ter uma ideia, dos 2.643 fundos disponíveis, depois de realizarmos um intenso trabalho de análise (essa é a nossa vocação), encontramos apenas 7 que realmente são muito bons.

Quando dizemos que são muito bons, isso significa que eles apresentam uma performance muito superior a todos os outros.

Eles são geridos de forma ativa, e seus gestores aproveitam as raras oportunidades que o mercado oferece para grandes multiplicações de capital.

Mas você quer mesmo é saber a resposta da pergunta, certo? Nós temos. Clique aqui para explicarmos como você pode investir nos 7 melhores Fundos do mercado.

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Empiricus Research
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.