Home Comprar ou Vender Semicondutores: Nvidia e Intel em lados opostos na Bolsa

Semicondutores: Nvidia e Intel em lados opostos na Bolsa

Enquanto a Nvidia continua entregando resultados impressionantes, superando as já altas expectativas do mercado, a Intel tem prejuízos

por Quantum Finance
0 comentário

Os BDRs de duas gigantes da indústria de semicondutores estão em direções opostas em 2024. Enquanto os papéis da Nvidia (NVDC34) seguem em franca ascensão, a Intel (ITLC34) tem forte queda no ano. 

O que explica esse cenário são os últimos balanços das duas companhias. 

Enquanto a Nvidia continua entregando resultados impressionantes, superando as já altas expectativas do mercado, a Intel vem reportando prejuízos, com projeções nada animadoras. 

As duas empresas estão nos dois opostos do ranking preparado pela Quantum, que levantou os retornos dos BDRs da indústria de semicondutores. 

Nvidia (NVDC34) dispara 149,81% no ano e ocupa a primeira posição, enquanto Intel (ITLC34) está em último, com queda de 35%. 

Intel espera lucro com fabricação de semicondutores só em 2027 

A explosão das novas inteligências artificiais aumentou ainda mais a demanda do setor de tecnologia por semicondutores avançados para seu desenvolvimento e operação. 

A vanguarda na fabricação dos “chips de IAs”, processadores especializados em tarefas relacionadas à inteligência artificial, não para de trazer frutos para a Nvidia.

Chip da Nvidia
Chip da Nvidia(Imagem: REUTERS/Ann Wang)

O balanço do primeiro trimestre de 2024 revelou um salto de 628% no lucro da companhia frente ao mesmo período de 2023, um lucro por ação de US$ 6,12. 

Já os resultados da Intel têm deixado os investidores mais reticentes. 

O balanço do primeiro trimestre revelou um prejuízo líquido de US$ 381 milhões, prejuízo 86% menor do que o registrado no mesmo período em 2023. 

Apesar da melhora, as ações da Intel despencaram com a projeção da própria empresa de que sua divisão de fabricação de semicondutores só dará lucro em 2027, como reportado pelo Valor Econômico. 

Segundo a companhia, o prejuízo operacional da divisão vai atingir o pico em 2024. 

Retornos dos BDRs de semicondutores 

A Quantum preparou um levantamento dos principais BDRs da indústria de semicondutores. 

O estudo considerou BDRs de empresas que têm parte significativa de seu negócio relacionado aos semicondutores, tendo como base o padrão Global Industry Classification Standard (GICS). 

Como critério de liquidez, foram considerados apenas os BDRs com negociações em, no mínimo, 90% das sessões nos últimos 12 meses. 

Veja os dados: 

O estudo também levantou os retornos do BDR BSOX39, que tem como lastro o ETF ISHARES SEMICONDUCTOR ETF. 

Confira: 

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.