Viver de Renda
Home Esportes Série B: Juventude e Atlético-GO garantem volta à elite do Brasileirão

Série B: Juventude e Atlético-GO garantem volta à elite do Brasileirão

O campeão Vitória encerrou a Série B com 72 pontos, seguido pelo Juventude, com 65. Criciúma e Atlético-GO, com 64 pontos, completaram a zona

por Agência Brasil
0 comentário
Juventude

A dramática última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terminou com alegria para as torcidas de Juventude e Atlético-GO. Neste sábado (25), os clubes gaúcho e goiano asseguraram as duas vagas restantes à Série A e se juntaram ao Vitória (campeão) e Criciúma, que tinham garantido acesso de forma antecipada. Ambos voltam à primeira divisão, após terem sido rebaixados em 2022.

Em contrapartida, os torcedores de Sampaio Corrêa e Tombense não têm o que celebrar. Os maranhenses e os mineiros terminaram a Série B na zona de rebaixamento e estarão na Série C em 2024 – assim como Londrina e ABC, que tiveram as respectivas quedas decretadas em rodadas anteriores.

A Bolívia Querida retorna ao terceiro escalão do futebol brasileiro após quatro anos. A equipe de Tombos (MG) desce à Série C após duas temporadas na segunda divisão. Ameaçados de rebaixamento, Chapecoense e Ponte Preta venceram seus compromissos e continuam na Série B em 2024.

Os dez jogos da 38ª e última rodada começaram ao mesmo tempo. O primeiro time a balançar as redes foi o Novorizontino, que derrotou o Criciúma por 2 a 0 no Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP). O volante Marlon e o lateral Rômulo anotaram os gols do Tigre.

O resultado colocaria os paulistas na Série A, não fosse a vitória do Juventude sobre o Ceará, por 3 a 1, no Estádio Presidente Vargas. Os donos da casa saíram na frente com Janderson e o também atacante Erick igualou para os visitantes. O empate por 1 a 1, que beneficiava o Novorizontino, durou até 36 minutos do segundo tempo, quando o volante Jadson colocou os gaúchos – que estavam com um a menos – na dianteira. O atacante Ruan fechou o placar em Fortaleza e deu início à festa alviverde.

O Juventude dependia somente de si para voltar à Série A, assim como o Vila Nova. Os goianos, porém, decepcionaram ao perderem por 3 a 2 para o lanterna ABC, no Frasqueirão, em Natal. O zagueiro Rafael Donato, do Tigre goiano, marcou três gols na partida: um contra e dois a favor. O meia Thonny Anderson, do time potiguar, anotou os outros tentos do jogo. A derrota, aliada a outros resultados, adiou o sonho do Vila retornar à primeira divisão, da qual está fora desde 1985.

Assim como o Novorizontino, outra equipe a vencer, mas que não comemorou acesso, foi o Sport. O Leão goleou o Sampaio Corrêa por 4 a 1, na Ilha do Retiro, em Recife. O zagueiro Gustavo Henrique (contra), o volante Fabinho e os atacantes Fabrício Daniel e Wanderson anotaram os gols dos anfitriões – o centroavante Ytalo descontou.

No intervalo, o Sport vencia por 3 a 0 e até aquele momento aparecia entre os quatro primeiros colocados. Após o intervalo, porém, o Atlético-GO abriu o marcador sobre o Guarani no Estádio Antônio Accioly, com o meia Dodô, ultrapassando o rubro-negro de Pernambuco. O Dragão balançou as redes mais duas vezes com os atacantes Gustavo Coutinho e Matheus Peixoto, decretando a vitória por 3 a 0 em Goiânia e o acesso aos goianos.

O Mirassol também ganhou, mas não levou. Os paulistas visitaram o Tombense no Almeidão e venceram por 1 a 0, com gol do zagueiro Luiz Otávio. O Leão do interior de São Paulo, estreante na Série B, dependia de tropeços de Novorizontino, Juventude e Atlético – que não aconteceram – para chegar à Série A. Os mineiros, que precisavam vencer, tiveram a queda decretada à Série C.

A Chapecoense, assim como o Tombense, iniciou a rodada na zona de rebaixamento, mas teve melhor sorte. O Verdão do Oeste não apenas derrotou o Vitória por 3 a 1, na Arena Condá, como se beneficiou da goleada sofrida pelo Sampaio. O atacante Welder colocou o Leão baiano à frente, mas o meia Marcinho, o atacante Kayke e o meia Bruno Nazário salvaram os catarinenses.

A Ponte Preta também respirou aliviada ao final deste sábado, graças ao triunfo por 3 a 0 sobre o CRB, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Os atacantes Pablo Dyego e Paul Villero anotaram os gols da Macaca, que precisava vencer para não depender de qualquer outro resultado para seguir na segunda divisão.

O campeão Vitória encerrou a Série B com 72 pontos, seguido pelo Juventude, vice, com 65. Criciúma e Atlético-GO, com 64 pontos, completaram a zona de promoção à Série A, com Novorizontino, Mirassol, Sport (os três com 63 pontos) e Vila Nova (61) logo atrás. Na parte de baixo, ABC (28), Londrina (31), Tombense (37) e Sampaio (39) desceram à Série C. Chape e Ponte, salvos, acabaram com 40 e 42 pontos, respectivamente.

Outras duas partidas movimentaram a última rodada da Série B, mas sem impacto na tabela. Na Ressacada, em Florianópolis, Avaí e Ituano não saíram do zero. No Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), o Londrina bateu o Botafogo-SP por 1 a 0, gol do atacante William Barbio.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.