É muito provável que você conheça alguém que esteja passando por algum tipo de problema financeiro. Talvez até você mesmo seja uma dessas pessoas. Se for, saiba que não está sozinho.

Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada em setembro deste ano, 58,2% das famílias brasileiras estavam em apuros por conta do endividamento.

As duas consequências da crise que pioram as coisas

Existem duas coisas ocasionadas pelas crises econômicas que complicam bastante a vida financeira das pessoas:

  • Diminuição da renda;
  • Desemprego.

Somado a isso, temos ainda mais um desafio a encarar, que é a alta dos juros. Esta é uma técnica muito utilizada pelos governos nesses momentos de turbulência econômica, com o objetivo de conter a inflação.

Uma luz no fim do túnel

Nem tudo está perdido. É possível melhorar a situação dos endividados, e o mecanismo utilizado para isso são estes:

  1. Renegociação das dívidas, buscando melhores condições de pagamento.
  2. Readequação do orçamento familiar, buscando o equilíbrio nas contas.

E como conseguir realizar essas ações, se a maioria das pessoas não possui conhecimento suficiente para isso?

É aqui que entra o mais novo e interessante serviço oferecido pela PROTESTE Associação Brasileira de Defesa do Consumidor. Este serviço é chamado Gabinete de Apoio e Educação Financeira.

Consiste num atendimento pessoal, realizado por especialistas no assunto, que ajudam você a organizar seu orçamento, renegociar dívidas e sair do vermelho.

Este é um serviço presencial, e atualmente está sendo disponibilizado apenas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Em breve será expandido para outros centros.

Como agendar um atendimento no Gabinete de Apoio e Educação Financeira

É muito simples. Basta enviar um e-mail para [email protected].

Será agendado o atendimento pessoal, e assim será possível analisar individualmente a sua situação financeira e orientar a melhor forma de gerir seu orçamento e quitar as pendências.

Posteriormente será feito contato com as instituições financeiras, para possíveis reestruturações das pendências, de acordo com condições que permitam o cumprimento de suas obrigações de pagamento.

Importante saber: a PROTESTE só fará intervenções extrajudiciais, renegociando apenas dívidas contraídas decorrentes de uma relação de consumo.

Endereços dos Gabinetes de Apoio e Educação Financeira

O serviço funciona nos endereços da PROTESTE em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Em São Paulo, na Rua Machado Bittencourt , 361, 6º andar, próximo ao metrô Santa Cruz:

Clique aqui para ver no mapa

No Rio de Janeiro na Avenida Lúcio Costa, 6420, na Barra da Tijuca:

Clique aqui para ver no mapa

Estamos do seu lado, portanto lute conosco

A PROTESTE, que está sempre ao lado do consumidor brasileiro, acompanha as condições do crédito há anos. E tem lutado por juros compatíveis com a realidade.

Por mais que a crônica instabilidade econômica do Brasil afete empregos e renda, é possível melhorar a situação com a negociação de melhores condições para pagamento dos débitos já existentes e readequando o orçamento familiar.

O crédito não é renda, e sim compromisso financeiro, que deve ser pago. No entanto, as instituições tem forte papel na concessão de crédito desordenado e irresponsável, assim como pela manutenção e juros de mais de 1000% ao ano, em algumas modalidades.

Vamos juntos lutar para modificar esse quadro. Contamos com você para que realize a sua parte com responsabilidade.

Esperamos que tenha gostado dessa novidade. Estamos aqui para te ajudar. Lembre-se: basta agendar seu atendimento conosco, através do e-mail [email protected].

Nota: Esta coluna é mantida pela PROTESTE, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

PROTESTE
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários