Home Mercados Setor de energia pressiona ações europeias nesta segunda-feira

Setor de energia pressiona ações europeias nesta segunda-feira

As ações do BNP Paribas, o maior banco da França, cederam 1,7%, enquanto o Société Générale recuou 1,2%.

por Reuters
3 min leitura

As ações europeias tiveram movimentos contidos e encerraram estáveis nesta segunda-feira, com investidores avaliando as perspectivas para o Parlamento na França, após o avanço inesperado da aliança de esquerda nas eleições, enquanto papéis do setor de energia mais fracos pressionaram o índice de referência.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou com variação negativa de 0,03%, a 516,43 pontos. O setor de petróleo e gás foi o que mais pressionou índice, com queda de 1,1%, já que os preços do petróleo bruto cederam.

As ações francesas devolveram ganhos iniciais e caíram com a perspectiva de negociações difíceis a partir desta segunda-feira para formar um governo, depois que um salto surpreendente da esquerda bloqueou a tentativa da extrema-direita de vencer a eleição antecipada convocada pelo presidente Emmanuel Macron.

“Se as disputas políticas chegarem a um impasse total, algum tipo de governo tecnocrático seria o resultado provável. Esse seria um resultado benigno para os mercados”, disse Jamie Ross, gerente de portfólio de ações europeias da Janus Henderson Investors.

As ações do BNP Paribas, o maior banco da França, cederam 1,7%, enquanto o Société Générale recuou 1,2%.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,13%, a 8.193,49 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX teve variação negativa de 0,02%, a 18.472,05 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,63%, a 7.627,45 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,17%, a 34.046,54 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,01%, a 11.022,10 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,34%, a 6.655,83 pontos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.