O mercado de ações, com suas tantas expressões que fogem do habitual, pode ser um pouco assustador para quem não está acostumado a investir em ativos de renda variável. Como se trata de uma importante opção de investimentos, é essencial que você conheça como funciona o mercado de ações e, principalmente, entenda que se trata de uma ótima alternativa de diversificação.

Quem tem interesse em começar no mundo dos investimentos em ações pode (deve) utilizar diversos simuladores que existem no mercado. Os simuladores disponíveis são vários, alguns mais completos e com características semelhantes às dos sistemas de home broker existentes no mercado.

Como aprender a investir em ações usando os simuladores da bolsa?

A grande vantagem de quem utiliza os simuladores é a chance de aprender na prática, com um cenário real, mas sem risco de perder dinheiro. Isso permite evitar que, na busca por mais conhecimento, o investidor tenha que ver seu patrimônio diminuir (isso vai acontecer na vida real, as os simuladores ajudam bastante).

No artigo Simuladores de mercado de ações: aprendizado sem correr riscos, apresentamos uma lista bem detalhada dos principais simuladores disponíveis no mercado, a leitura é interessante e pode abrir algumas portas para quem quer aprender ainda mais.

Quem está começando a investir e não tem total clareza de como o mercado de ações funciona, precisa primeiramente entender de que maneira ganhamos (ou perdemos) dinheiro investindo em ativos de renda variável.

É verdade que o mercado é complexo, repleto de detalhes e situações puramente especulativas. Ao contrário do que alguns pregam, não é tão simples investir em ações, já que existem situações sensíveis ao mercado financeiro mundial e acontecimentos domésticos, mas também está longe de ser algo impossível; tudo depende de dedicação e disposição em aprender.

Além de conhecimento, é fundamental acompanhar de perto as principais informações sobre economia do Brasil e do mundo – ter essa percepção é fundamental, pois fatos que acontecem em outros lugares do mundo podem influenciar o mercado de ações brasileiro em um piscar de olhos.

O que aconteceu recentemente é um exemplo disso: uma crise no mercado acionário chinês e a desaceleração de sua economia fizeram despencar os ativos de empresas ligadas à exportação de commodities. Assim, é fundamental ter uma boa estratégia de entrada e também saber o melhor momento de vender (leia mais sobre ordens de stop loss e stop gain).

A velha e boa regra de comprar ações na baixa e vender na alta pode parecer simples, mas na prática encontrar o melhor momento de realizar o lucro ou prejuízo é um desafio que até os traders mais experientes precisam enfrentar.

Para quem ainda está se adaptando a este mercado, os simuladores da Folha e do Uol são os mais indicados, por serem de fácil aprendizado, mais intuitivos e terem uma interface bastante simples e próxima do sistema home broker geralmente usado pelas corretoras.

É muito importante tentar compreender o mercado e de que maneira ele funciona, afinal apenas comprar e vender ações de maneira aleatória não trará o aprendizado que você espera. Explore bastante o simulador, participe das competições e comece a investir de verdade quando tiver mais confiança.

eBook com dicas para investir na Bolsa de Valores

Se você quer mais conhecimento sobre como começar a investir, preparamos em parceria com a Rico.com.vc um eBook exclusivo e gratuito: 5 dicas para ter sucesso na bolsa (clique e baixe o seu gratuitamente). Nele você vai saber como:

  • Entender seu perfil de investidor;
  • Escolher a melhor forma de investir;
  • Selecionar uma corretora;
  • Definir sua estratégia de investimento;
  • Começar a investir.

Por fim, reitero que investir em ações pode ser uma grande chance de conquistar boas rentabilidades. Muita gente já faz isso diariamente e/ou possui parte de seus investimentos em renda variável.

Quem está começando deve ir aos poucos, usando simuladores, aproveitando bons materiais para leitura e aprendizado e, acima de tudo, percebendo que esforço pessoal e dedicação farão a diferença. Paciência também. Bons investimentos! Sucesso e até a próxima!

Foto “Stock market”, Shutterstock.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários