Home Agronegócio Soja sobe com mercado brasileiro se firmando

Soja sobe com mercado brasileiro se firmando

Os preços da soja exportável no Brasil, principal fornecedor global, se firmaram nas últimas semanas

por Reuters
0 comentário

Os futuros da soja nos Estados Unidos subiram nesta quarta-feira, recuperando-se em uma rodada de compras de barganhas, depois que o contrato mais ativo julho atingiu o nível mais baixo em seis semanas, impulsionado em parte pela firmeza dos mercados brasileiros de soja, segundo analistas.

Mas os futuros de grãos fecharam em baixa.

O trigo caiu pela terceira sessão consecutiva, devido à forte concorrência global por negócios de exportação, e o milho caiu na ausência de notícias favoráveis.

A soja julho da bolsa de Chicago fechou em alta de 4,25 centavos, a 11,6425 dólares por bushel.

O trigo julho da CBOT terminou em baixa de 12,50 centavos, a 5,5225 dólares por bushel, e o milho julho caiu 1,75 centavo, terminando em 4,41 dólares por bushel.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

Os preços da soja exportável no Brasil, principal fornecedor global, se firmaram nas últimas semanas, segundo analistas, ajudando a sustentar os valores da soja dos EUA.

“Embora não possamos realmente registrar uma alta significativa, estamos vendo nossas ofertas seguirem o mercado sul-americano”, disse Karl Setzer, da Consus Ag Consulting.

Soja
(Imagem: unsplash/Darla Hueske)

Os futuros do trigo caíram cerca de 2% devido às vendas técnicas e à fraca procura de exportações dos EUA. O dólar recuou na quarta-feira, mas permaneceu próximo à máxima de cinco meses e meio, tornando os grãos dos EUA menos atraentes para os compradores globais.

Para o milho, é provável que o clima no Meio-Oeste dos EUA tenha um impacto maior sobre os preços nas próximas semanas. As chuvas retardaram o plantio na região nesta semana, ao mesmo tempo em que reabasteceram a umidade do solo. A safra de milho dos EUA estava 6% semeada no domingo.

“Estamos começando a entrar em um mercado mais climático”, disse Setzer. “E isso realmente começará a elevar nossa volatilidade (do mercado)”, disse ele.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.