Home Empresas Startup Astroscal salta 51% na estreia em Tóquio

Startup Astroscal salta 51% na estreia em Tóquio

A Astroscale vendeu 12,49 milhões de ações no Japão e 9,68 milhões de papeis no exterior, depois de fixar o preço do IPO no topo da faixa indicada de 750-850 ienes

por Reuters
0 comentário

Ações da startup japonesa de remoção de lixo espacial Astroscale Holdings subiram 51% em sua estreia no mercado de Tóquio nesta quarta-feira.

O papel foi negociado inicialmente a 1.281 ienes, em comparação com um preço de oferta pública inicial (IPO) de 850 ienes, com a empresa sendo avaliada em 145 bilhões de ienes (934 milhões de dólares).

A listagem é “apenas um marco, embora seja um grande passo, do nosso longo caminho para resolver um problema global” de aumento do lixo espacial, disse o presidente-executivo da Astroscale, Nobu Okada.

A startup ganhou apoio governamental no Japão, nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, por desenvolver tecnologia para remoção de detritos orbitais vistos como um risco de colisão, prolongando a vida útil de satélites.

A tecnologia da Astroscale, o potencial de crescimento comercial para além dos clientes públicos e a presença multinacional da empresa levaram a uma forte procura por parte dos investidores — cerca de 30 vezes maior do que o tamanho de sua oferta, disse Okada, um antigo funcionário do Ministério das Finanças japonês que fundou a companhia em 2013.

A Astroscale vendeu 12,49 milhões de ações no Japão e 9,68 milhões de papeis no exterior, depois de fixar o preço do IPO no topo da faixa indicada de 750-850 ienes. Isso não inclui uma opção greenshoe — que permite aos subscritores de títulos vender mais se houver procura adicional — de 3,12 milhões de ações.

No entanto, a Astroscale vem operando com prejuízos. O diretor financeiro, Nobuhiro Matsuyama, não disse quando o negócio se tornará lucrativo.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.