Quem empreende ou já passou pela experiência de empreender ou trabalhar de forma autônoma sabe o quão difícil e custoso isso pode ser. Não é à toa que dizem que, especialmente no Brasil, este tipo de coisa é para os fortes.

Digamos que é preciso ter sangue frio para conviver com os altos e baixos da coisa, para não desanimar nos períodos ruins, e para ser flexível o suficiente tanto nos meses em que a receita vem mais alta quanto naqueles em que é preciso se desdobrar em dez para pagar as contas.

Nem é preciso dizer o quanto, especialmente nestes casos, a organização financeira é fundamental para diminuir os riscos.

Já faz alguns anos que trabalho assim. Já tive uma empresa por 6 anos, com escritório, funcionários, e todos os custos e burocracias que isso acarreta aqui no Brasil.

Já abri outra empresa quando desfiz a sociedade (e tive que esperar quase seis meses para fechá-la em um processo extremamente lento e também custoso) e agora continuo trabalhando por conta, sem funcionários por enquanto, apenas parceiros, mas tendo de me organizar entre o trabalho em si, a abertura de uma nova empresa, a emissão de notas fiscais e etc.

eBook gratuito recomendado: Pai, Dinheiro!

Bem, pode parecer loucura para quem prefere um emprego, um salário e um horário fixos, mas, acredite, eu não trocaria esta forma de trabalhar, que me possibilita uma incrível flexibilidade e uma qualidade de vida muito melhor.

Até já tentei voltar para ao formato antigo, mas não me senti feliz e dei meia volta, assumindo os riscos. Mas é claro, entendo que nem todo mundo se adapta.

Por isso, se você, assim como eu, apesar de tudo isso ainda acha que empreender é para você, nada melhor do que poder contar com alternativas para reduzir custos, diminuir a burocracia e encontrar mão de obra boa de forma rápida e flexível.

Neste artigo vou dar algumas dicas de startups, empresas inovadoras com projetos fora do status quo, que podem ajudar quem empreende ou trabalha por conta a reduzir custos, diminuir a burocracia e ganhar tempo. Vamos lá? Boa leitura e sinta-se à vontade para fazer novas recomendações caso as tenha!

Conta Azul

A Conta Azul é um sistema de gestão empresarial que permite a emissão de boletos e notas fiscais, controle de estoque e de contas a pagar e receber, e etc.

Há planos com valores diferenciadas desde para quem é autônomo até para quem tem uma empresa de porte médio e procura uma alternativa mais econômica para fazer o gerenciamento financeiro. A startup já entrou na lista da Forbes como uma das principais no mercado brasileiro.

Mais informações: www.contaazul.com.br

Moneto

Se você lida com vendas e cobranças, o Moneto pode te ajudar. A startup, que recentemente foi uma das vencedoras do Fintech Awards Latam 2017, oferece uma plataforma tecnológica que acelera os recebimentos das vendas e permite a gestão simplificada das cobranças e do fluxo de caixa.

Através dela, é possível cobrar o cliente pelo celular e oferecer formas de pagamento para ele, até mesmo parcelamento, sem a necessidade de ter máquina de cartão nem nada do tipo. Também não tem mensalidade, e a cobrança é feita por percentual do valor recebido.

Mais informações: www.moneto.com.br

eBook gratuito recomendado: Ter uma Vida Rica Só Depende de Você

Sympla

A plataforma, que já recebeu um aporte de R$ 13 milhões liderado pela Movile, é focada na venda e gestão de ingressos e inscrições, portanto pode ser uma mão na roda para quem trabalha com eventos de pequeno e médio porte. Já foram realizados mais de 75 mil eventos através dela.

Mais informações: www.sympla.com.br

Contabilizei

Há alguns anos o Governo criou uma opção interessante para quem tem receita bruta de até R$ 60 mil ao ano (em 2018 a expectativa é que esse valor aumente), o MEI, mas quem não consegue emitir nota dentro desta alternativa, precisa contar com o trabalho de um contador para manter tudo em ordem.

Entre as startups que focam nesta área existe a Contabilizei, que já recebeu aportes do fundo Kaszek Ventures e do Endeavor Catalyst. O diferencial é que, por ser online, os custos acabam sendo bastante reduzidos. Vale a pena dar uma olhada e ver se, conforme a complexidade do seu negócio, seria uma boa alternativa.

Mais informações: www.contabilizei.com.br

eBook gratuito recomendado: Freelancer – Liberdade com muito trabalho e resultados

Pin People

Esta startup é voltada para recrutamento e seleção e tem como foco a transformação e simplificação do segmento de Recursos Humanos através da tecnologia, visando melhorar a maneira como as empresas conhecem e gerem seus funcionários.

Funciona da seguinte forma: quem quer trabalhar conta na plataforma um pouco do seu jeito de ser, ao passo que as empresas que procuram funcionários também respondem algumas questões importantes sobre a cultura organizacional.

Depois o sistema une as respostas até que dê “match”. O objetivo com isso também é reduzir o turn over de funcionários.

Mais informações: www.pinpeople.com.br

Creditas

O objetivo da Creditas, que até pouco tempo atrás se chamava BankFacil, é oferecer empréstimos a juros menores, maior prazo de pagamento e maior valor emprestado.

A startup pratica o chamado “refinanciamento”, permitindo o uso de bens como garantia de pagamento, por isso consegue oferecer taxas melhores.

Pode ser uma boa alternativa desde que haja uma avaliação muito bem-feita antes de se contrair o empréstimo e também quanto às possibilidades de pagá-lo corretamente. Recentemente, a Creditas conseguiu aporte de R$ 60 milhões da International Finance Corporation (IFC) e do fundo Napsters.

Mais informações: www.creditas.com.br

eBook gratuito recomendado: Educação Financeira no Ambiente de Trabalho

Nexoos

Mais uma startup voltada ao oferecimento de crédito e empréstimos para pequenas e médias empresas (PMEs).

Neste caso, porém, o modelo é o financiamento coletivo, com a conexão entre pessoas que querem emprestar e empresas que precisam de crédito.

As taxas de juros são bem menores que as dos grandes bancos para quem toma o empréstimo, e para quem empresta trata-se de uma oportunidade de conseguir taxas de retornos melhores que as de aplicações convencionais, como a Poupança ou um CDB, por exemplo.

Mais informações: www.nexoos.com.br

Eu entrego

Se você constantemente precisa entregar produtos em seu negócio, uma opção é esta startup, que conecta pessoas e empresas a uma comunidade de entregadores independentes 24 horas por dia, sete dias por semana.

A ideia do projeto, que recebeu investimento anjo de R$ 1 milhão, é possibilitar que até mesmo pessoas comuns possam realizar entregas durante seu percurso normal, indo ou vindo do trabalho por exemplo.

Ah, é possível contratar um seguro adicional para o objeto que será transportado e dá para consultar um sistema de avaliação relacionado a cada entregador antes de contratar.

Mais informações: www.euentrego.com.br

Janaína Gimael
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários