Com tantas startups e ideias inovadoras no mercado, você só não economiza, ganha dinheiro, faz bons negócios ou deixa de negociar dívidas se não quiser.

As fintechs, lawtechs, insurtechs, healthtechs e muitas outras empresas de tecnologia com foco em áreas específicas trazem negócios inovadores e disruptivos pensando nas demandas que todos nós temos e o mercado não atende.

Que tal conhecer melhor o que já existe por aí dando sopa? Separamos 6 boas opções de startups de áreas diversas. Todas estão presentes no relatório 51 boas ideias da Fisher Venture Builder, que selecionou startups promissoras – dentre as 12 mil registradas na Associação Brasileira de Startups – com potencial de transformar o mercado e a vida de seus clientes.

  1. Kria – crowdfunding – Se você já pensou em investir em empresas e organizações, mas nunca pensou que tivesse capital sobrando para isso, a Kria pode resolver esta questão. Trata-se de uma plataforma online de investimento para startups que une investidores, mentores e empreendedores. Dá para investir a partir de R$ 500,00 em negócios promissores.
  2. Quero Quitar – Como o próprio nome diz, a Quero Quitar é uma plataforma de negociação de dívidas. Você entra com seu CPF e CNPJ na home do site da startup e já tem acesso às suas dívidas negociáveis. O objetivo é resolver rapidamente, cerca de 2 minutos, e você mesmo constrói um acordo para solucionar a situação e limpar o nome.
  3. Pier – A Pier é uma empresa de tecnologia que oferece seguro para smartphone baseado em uma comunidade confiável. Isso significa que, para contratar o seguro da insurtech, que tem uma série de diferenciais, como cobertura de furto simples, contratação por apenas um mês e aceitação de aparelho sem nota fiscal, é preciso primeiramente ser aceito na comunidade Pier. Para fazer a análise, a startup usa muita tecnologia e análise de dados.
  4. Conube – Simplificar a contabilidade é o objetivo da Conube, que oferece planos muito mais em conta do que as empresas tradicionais, além de muita tecnologia no atendimento, que geralmente é feito por chat ou e-mail. A startup realiza a contabilidade completa das empresas e também a abertura de novos empreendimentos.
  5. BemCare – A startup é uma administradora digital de benefícios de saúde, que se apoia em tecnologia e transparência para oferecer seguros e assistências para pessoas e empresas. São oferecidas duas assinaturas (individual e familiar) e a partir delas é possível começar a usar o serviço.
  6. Mandaê – A Mandaê tem como objetivo reinventar a logística através do uso de muita tecnologia. Como todas as startups, ela tenta proporcionar redução de custos nas entregas e inovação, e usa de inteligência artificial no rastreamento das entregas. Só há um tipo de plano por enquanto, voltado a e-commerces com faturamento mínimo de R$ 7 mil.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários