Home Mercados STOXX 600 cai em início de semana com dados de inflação

STOXX 600 cai em início de semana com dados de inflação

O índice DAX de Frankfurt atingiu novos picos intradiário e de fechamento, impulsionado por uma alta de 2,8% na empresa de defesa Rheinmetall

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Kai Pfaffenbach)

O índice acionário de referência da Europa caiu nesta segunda-feira, pressionado por mineradoras, conforme investidores se preparam para relatórios cruciais sobre a inflação ao longo da semana para obter mais pistas sobre o momento dos cortes nas taxas de juros pelos principais bancos centrais, incluindo o Banco Central Europeu (BCE).

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,37%, a 495,43 pontos. Até o momento, em 2024, o índice está em alta de 3,4%, chegando a fechar em um recorde histórico na sexta-feira, impulsionado por expectativas obstinadas de flexibilização antecipada da política monetária e uma temporada de balanços resiliente.

O índice DAX de Frankfurt atingiu novos picos intradiário e de fechamento, impulsionado por uma alta de 2,8% na empresa de defesa Rheinmetall.

Entretanto, “em algum momento, esse movimento de alta vai se estender demais e a sustentabilidade fundamental será questionada”, disse Daniela Hathorn, analista de mercado sênior da Capital.com.

“Os mercados querem ver a continuidade do processo de desinflação. Há um peso maior no corte de juros do BCE antes de outros bancos centrais, como o Fed e o Banco da Inglaterra.”

Uma tendência de baixa sustentada na inflação da zona do euro, com dados a serem divulgados na sexta-feira, poderia aumentar as esperanças de um corte na taxa de depósito do BCE no curto prazo e alimentar novos ganhos nas ações. Entretanto, operadores esperam que os juros permaneçam inalterados na reunião de março da próxima semana.

O formulador de política monetária do BCE Yannis Stournaras destacou que o “momento ideal” para o primeiro corte pode ser o final do primeiro semestre, se a inflação continuar a desacelerar e os dados salariais forem favoráveis.

O setor de recursos básicos caiu 2,1%, atingindo o menor nível em quatro meses, na liderança das quedas setoriais, enquanto o de tecnologia subiu 0,4%, liderado por um salto de 6,5% no fornecedor de peças para fabricação de chips BE Semiconductor Industries.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,29%, a 7.684,30 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,02%, a 17.423,23 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,46%, a 7.929,82 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,44%, a 32.557,81 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,08%, a 10.138,40 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,00%, a 6.179,67 pontos.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.