A fintech Nubank vai oferecer uma conta para pessoa jurídica.

É a primeira vez que a fintech (startup financeira) que ganhou destaque com cartão de crédito e conta digital gerenciadas por aplicativo busca clientes no mercado corporativo.

Em um primeiro momento, serão feitos testes, restritos a quem já é cliente da fintech (startup financeira) que sejam sócios únicos, donos de pequenos negócios, empreendedores e autônomos.

Leia também: 4 eBooks Grátis que Guiarão Você para a Prosperidade Financeira

Nubank prepara Grupos de Teste

Esse grupo irá testar a versão inicial da conta PJ do Nubank e enviar opiniões acerca do novo produto.

Não haverá cobrança de anuidade ou qualquer tarifa nessa fase, informa a companhia.

O serviço é destinado a pequenas empresas e autônomos que, segundo o Nubank, têm maior dificuldade para serem atendido nas instituições tradicionais.

Em nota, Cristina Junqueira, cofundadora da empresa, disse que, como empreendedores, os sócios da empresa sentiram na pele o peso que a burocracia e as altas tarifas podem ter sobre um negócio.

Participe da Lista Premium do Dinheirama no Telegram

Para que possamos ficar cada vez mais próximos de você e outros leitores especiais, criamos um grupo no aplicativo Telegram (Clique para participar)  que nos proporcionará um contato próximo.

A ideia é enviar diretamente através do Telegram nossos artigos, vídeos, planilhas, eBooks e mais, também iremos criar materiais exclusivos para quem fizer parte desse grupo Premium.

Também vamos dar prioridade para a Lista Premium do Dinheirama em alguns conteúdos como cursos e outras surpresas que vão sair ao longo do tempo, como acesso aos bastidores de nossas gravações e até prêmios.

Se você já possui o Telegram em seu celular, é muito simples entrar em nosso grupo Premium, você só precisa clicar Aqui e começar a fazer parte de nossa Lista Premium.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários