Home Empresas Suzano aumenta preços de celulose globalmente a partir de junho

Suzano aumenta preços de celulose globalmente a partir de junho

Para clientes na Ásia, a Suzano elevou os preços em 30 dólares a tonelada e para compradores na Europa e América do Norte

por Reuters
0 comentário

A Suzano (SUZB3) está comunicando clientes em todas as regiões do mundo elevação nos preços da tonelada de celulose para pedidos feitos a partir de junho, informou uma fonte nesta sexta-feira.

Para clientes na Ásia, a Suzano elevou os preços em 30 dólares a tonelada e para compradores na Europa e América do Norte a elevação é de 60 dólares a tonelada, segundo a fonte.

A Suzano confirmou os valores ao ser procurada.

Para a Europa, o preço da celulose da empresa será de 1.500 dólares a tonelada. A fonte não informou os valores para as outras regiões e a Suzano não se manifestou.

Há duas semanas, o diretor comercial de celulose da Suzano, Leonardo Grimaldi, descreveu um quadro em que a companhia estava sobrevendida para os próximos trimestres e que a empresa estava limitando a entrada de novos pedidos.

O executivo também previu preços maiores de celulose no segundo trimestre ante o início do ano, o que deve ajudar a elevar as margens da companhia.

A Suzano tem elevado mensalmente seus preços de celulose desde meados do segundo trimestre do ano passado, em meio a um cenário de demanda elevada na Ásia e América do Norte e dificuldades logísticas que atravancam o fluxo da commodity pelos mercados globais.

A empresa anunciou aumento de 100 dólares no preço da celulose para a América do Norte a partir de abril, para 1.590 dólares. Depois disso o preço na região subiu mais 80 dólares em maio.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.