Sabemos que há muito mais pegadinhas e armadilhas por aí, do que soluções efetivas que contribuam para o seu bem-estar, o de sua família e principalmente o de seu bolso. Por isso, você precisa ficar sempre alerta, como diz aquele velho lema escoteiro.

O melhor modo de você fazer isso, é adquirindo conhecimento, que no nosso contexto, se traduz em educação financeira. Coisas simples, como gastar menos do que se ganha e investir o restante para criar e multiplicar o patrimônio, precisam fazer parte de nossas rotinas.

E é justamente no dia a dia, que se não prestarmos atenção a alguns pequenos, mas importantes detalhes, terminaremos permitindo algumas “brechas” que irão atrapalhar o processo de enriquecimento.

Como você tem lidado com essas questões rotineiras? Para ajudar você a avaliar, criamos um teste para avaliar se você está criando riqueza ou criando pobreza:

Teste: Criando Riqueza ou Criando Pobreza

São apenas 12 perguntas, que serão respondidas por você de forma direta (sim ou não) e que servirão de termômetro para avaliar agora o seu comportamento financeiro.

Mas não para por aí. Dependendo da resposta, você receberá conteúdos extras para ajudar você a colocar as coisas na rota do enriquecimento, afinal, nosso objetivo é fazer você criar riqueza para desfrutar de uma vida melhor e junto das pessoas que você ama.

Então, clique aqui e não deixe de fazer o teste, que é gratuito. Abraços e até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pelo Criando Riqueza, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Criando Riqueza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários