Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top 5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Responda: O que você tem feito por si mesmo, hoje?

Recentemente escrevi sobre futuro e futurologia em um artigo publicado aqui no Dinheirama. Falar de futuro nem sempre é fácil porque envolve uma série de coisas que não conhecemos e que muitas vezes não dependem de nós. Mas existe algo importante nesta história: qualquer futuro que queiramos sempre dependerá daquilo que estamos fazendo hoje. E o que você anda fazendo por si mesmo hoje? Já parou para pensar?

Houve uma época em que estava muito confusa. Aquelas situações onde nitidamente não sabemos se escolhemos um caminho ou outro. Um colega me perguntou: Onde você pretende estar daqui a cinco anos? Acredita que continuando exatamente como está hoje, você vai conseguir chegar onde quer? Estará satisfeita com o rumo de sua vida?

Clique aqui para ler o post completo

Aprenda a investir com Leandro Martins: Curso de bolsa (aula 4: Candlestick)

Quem acompanha meu trabalho sabe o quanto valorizo a oportunidade de trocar experiências.

Não tenho dúvidas de que é no dia a dia que o investidor ganha a experiência e o conhecimento necessário para aproveitar as oportunidades, que nem sempre estão visíveis, para quem não tem o mínimo de conhecimento.

Durante os onze anos de existência do Dinheirama já estive por aqui diversas vezes, desta vez, pensei em oferecer algo um pouco diferente, um curso de Bolsa de Valores, a partir das lives que fiz nos últimos meses na modalmais, que também é parceira de investimentos do Dinheirama.

Clique aqui para ler o post completo

“Vaquinha” para iphone roubado? Conheça a Pier, plataforma de compartilhamento de risco

Você já deve ter participado de alguma vaquinha em sua vida, certo? Normalmente elas acontecem de maneira bastante informal e cada um contribui um pouco para um propósito comum. Mas agora uma empresa de tecnologia decidiu “formalizar” a estratégia e criar um modelo de proteção cuja conta é compartilhada entre todos os participantes. Os objetos protegidos? Iphones. Vale qualquer modelo, contanto que seja o tão desejado celular da Apple.

A ideia é trabalhar com uma comunidade confiável que contribui um pouco por mês para que haja uma reserva caso um dos membros tenha seu aparelho roubado ou furtado. Tudo dentro da mais perfeita organização. O crescimento, inclusive, é coordenado para que seja sustentável e absolutamente transparente.

Clique aqui para ler o post completo

Brasil: Precisamos colocar a casa em ordem

O episódio da concessão de Habeas Corpus (HC) para o ex-presidente Lula pelo desembargador de plantão do TRF-4, com ingresso após o horário na última sexta-feira (06/07), expôs não só as dissenções entre os desembargadores, mas também o próprio poder Judiciário. Isso parece grave para um país emergentes que precisa de regras estáveis e perenes para ganhar confiança dos investidores realizarem suas aplicações.

Por definição países emergentes precisam de investimentos externos para conseguir crescer, e da confiança dos empreendedores locais de que as regras estáveis são garantias de que suas expectativas de retorno sobre investimentos serão mantidas. Mudanças de regras e de marcos regulatórios tendem a reduzir o interesse e dificultam a atração de recursos de mais longo prazo.

Clique aqui para ler o post completo

Justiça libera mais um da “turma de Temer”

A Justiça Federal no Rio Grande do Norte determinou a libertação do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (MDB), preso desde 6 de junho do ano passado por suspeita de envolvimento em desvios nas obras da Arena as Dunas, em Natal.

Henrique Eduardo Alves sempre foi apontado como um dos políticos mais próximos do presidente Michel Temer.

O juiz Francisco Eduardo Guimarães Rosa, da 14ª Vara, atendeu a um pedido da defesa e estendeu a Alves efeitos da decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), que revogou a prisão de outro réu no mesmo processo, o ex-deputado Eduardo Cunha (MDB).

Clique aqui para ler o post completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários