Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top 5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Autoconhecimento é fundamental para evitar Autossabotagem financeira

Engana-se quem pensa que para se dar bem nas finanças basta conhecer muito bem as oportunidades do mercado. O conhecimento mais necessário para todos nós – nas finanças e na vida – não vem de fora, mas de dentro.

Afinal de contas, como explicar o fato de você não conseguir poupar por mais que se esforce? Ou de acreditar firmemente que nunca conseguirá ficar rico “pois riqueza é questão de sorte”? O problema é que poucos se dispõem a se autoconhecer verdadeiramente. Com isso, perdem a oportunidade de enxergar o que precisam arrumar para conseguir melhores resultados.

Nos últimos anos tenho passado por muitas experiências voltadas ao autoconhecimento. É assim que consigo entender o que há de positivo em mim ou o que precisa ser melhorado. É assim que consigo perceber o porquê de estar tentando jogar minhas frustrações em uma compra, por exemplo, ou de me autossabotar na realização de um desejo. E você, o quanto verdadeiramente conhece o porquê das atitudes que toma?

Clique aqui para ler o post completo

Bitcoins e Criptomoedas: Executivo da Ripio fala de riscos e oportunidades

Se você não sabe mais o que pensar a respeito de criptomoedas, conversamos com quem entende do assunto para explicar o que é preciso considerar no momento. Fernando Bresslau é Head of Finance and Operations da Ripio, companhia Bitcoin de maior projeção na América Latina. Engenheiro naval, ele conta que o seu objetivo ao estudar Engenharia era resolver problemas, quaisquer que fossem. “Isso fiz em diversas áreas e países: equipamentos médicos no Brasil, navios na China, gaitas na Alemanha, startups novamente no Brasil e, mais recentemente, com criptomoedas”. Acompanhando o assunto desde 2011,  foi em 2014 apenas que teve um primeiro contato com Sebastian Serrano, CEO da Ripio, que já estava pensando em abrir a empresa no Brasil. Três anos depois, ele acabou se tornando Country Manager da operação brasileira. Hoje cursa um mestrado especializado em criptomoedas e conta um pouco mais sobre a Ripio e o mercado de Bitcoins e criptomoedas.

Clique aqui para ler o post completo

Reforma da Previdência: o governo soltando balões de ensaio

É certo que os economistas e investidores estavam nervosos e apressados para que o governo de Jair Bolsonaro mostrasse logo o projeto de reforma da Previdência. Afinal, ao longo dos últimos meses foi o tema recorrente, por ser essencial e emblemático da mudança de rumo do Brasil. Ocorre que em 04 de fevereiro, o governo soltou alguns “balões de ensaio” do que seria o projeto da Previdência, e todos se debruçaram sobre o tema, ainda que o próprio governo dissesse que era apenas um dos muitos projetos que estão circulando.

O que foi divulgado como uma minuta do que poderia ser encaminhado ao Congresso Nacional parece ser bem abrangente, pegando todos os segmentos envolvidos como policiais, militares, servidores públicos, baixa renda e até parlamentares. Seria muito bom se fosse verdade, mas certamente não sairá dessa forma.

A técnica é bastante conhecida e usada. Lança-se balões de ensaio, os segmentos organizados da sociedade estrilam e depois o governo tira alguns “bodes da sala”, na tentativa de suavizar o projeto, e todos podem acabar um pouco mais satisfeitos. Ocorre que essa parece não ser a melhor forma de tratar um projeto tão importante, dando tempo para que esses setores se organizem e criem toda uma expectativa negativa. Não podemos esquecer que nessas mudanças haverá mexida para todos, e ninguém gosta disso.

Clique aqui para ler o post completo

O que podemos aprender com a tragédia de Brumadinho?

O que podemos aprender com a tragédia de Brumadinho? O assunto envolve investimentos, a tragédia (crime) e um pouco sobre o cenário do mercado de ações como um todo. Para começar devemos nos solidarizar com as famílias atingidas pelo desastre em Brumadinho. Infelizmente sabemos que muitas vítimas não são encontradas.

Diante dos investimentos, muitas pessoas possuem dinheiro investido na Vale através de Fundos de Investimento ou Ações. Nassim Taleb apelida um evento como o de Brumadinho de CISNE NEGRO. Um evento completamente inesperado que afeta os investimentos e apesar dos danos, por outro lado, muitos investidores criam estratégias para que eventos assim não impactem a carteira de investimentos e também gere lucros.

Clique aqui para ler o post completo

A melhor planilha financeira para você baixar

Controlar as finanças é algo indispensável, principalmente agora que a crise econômica começa a esboçar sinais de melhora.

A percepção de que o poder de compra está melhorando pode ser um convite para aumentar os gastos e acabar gastando mais do que o padrão de vida permite, principalmente no final do ano onde não faltam despesas extras.

Com esse cenário, é fundamental planejar muito bem os gastos, priorizando, acima de tudo, o que é realmente indispensável e tentando eliminar/diminuir despesas variáveis e supérfluas. Ah, também é importante turbinar a reserva de emergência e dar atenção especial aos investimentos.

Clique aqui para ler o post completo

 

Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários