Seguindo sugestões de nossos leitores, faremos todo domingo de noite uma seleção, com resumo, dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior. A ideia é oferecer a você um panorama das preferências de mais leitores e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos que mexeram com o público na semana passada foram:

3 Atitudes Capazes de Mudar sua Vida Financeira

Assuntos relacionados ao dinheiro tendem a colocar as pessoas em uma postura defensiva, especialmente quando o orçamento não está em dia. A boa notícia é que é possível mudar a situação das finanças pessoais a partir de atitudes que não têm relação direta com o seu bolso.

Praticar atividades físicas com regularidade, ler mais e manter contato com mentores são exemplos de decisões que trarão benefícios como disciplina, mais capacidade de discernimento, formação de opinião, diminuição da assimetria de informações e mais oportunidades no âmbito geral da vida – o que influenciará o bolso como consequência.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Mentiras Finaneiras que Você Deve Combater

O dia primeiro de abril é sempre sinônimo de piadas, pegadinhas e histórias falsas. As redes sociais e as conversas entre amigos são inundadas por brincadeiras e o dia fica sempre marcado. Infelizmente, muitas instuições e profissionais da área de finanças praticam a mentira como modo de vida, não respeitando apenas o primeiro de abril.

Afirmar que Títulos de Capitalização são investimentos é uma dessas falácias. Outras duas que merecem destaque são: compras com “juro zero” e dizer que os imóveis são investimentos para perfis conservadores. Precisamos entender cada um desses itens para evitar as armadilhas associadas a eles.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Conselhos para uma Vida Financeira Tranquila

Gerenciar bem as finanças pessoais passa por implementar novos hábitos e maneiras de encarar as responsabilidades associadas ao planejamento familiar. Como esse objetivo, Sandra Blanco escreveu um excelente texto com seis excelentes dicas para uma vida financeira tranquila.

Praticar a disciplina, pagar-se primeiro, prevenir-se diante de emergências, ter apenas um cartão de crédito, evitar financiamentos longos demais, contratar seguro de vida e investir em produtos de previdência complementar são exemplos que merecem destaque.

Clique aqui para ler o artigo completo.

O que ainda não contaram para a Classe C sobre Crédito

Grupo que já soma 108 milhões de brasileiros, a Classe C brasileira tem sido alvo de muito marketing e campanhas de incentivo ao consumo. A verdade é que há um enorme número de jovens com endividamento cada vez maior e mais perigoso – cabe lembrar que o Brasil pratica uma das mais altas taxas de juros do mundo.

Atentar para o planejamento financeiro e para o consumo consciente é uma maneira inteligente de lidar com o dinheiro. Evitar o endividamento excessivo e priorizar a formação e a construção de patrimônio devem ser os objetivos mais buscados, não apenas o tênis da moda ou o último modelo de celular.

Clique aqui para ler o artigo completo.

5 Sinais de que o Dinheiro é um Tabu em Sua Vida

Você conversa sobre dinheiro em casa? Valoriza a participação da família no planejamento financeiro? Infelizmente, em muitos lares o dinheiro ainda é um grande tabu – e isso também acontece em países como os EUA, onde para 44% da população o dinheiro é o tema de trato mais difícil (mais que a morte, drogas e outras coisas).

Se você não mantém um orçamento atualizado, não investe, não fala sobre dinheiro, possui mais dívidas do patrimônio e vê o dinheiro sempre como sinônimo de problema, são grandes as chances de o tema ser um enorme tabu em sua casa. Mas nós podemos ajudá-lo a reverter esta situação.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Acompanhe os novos artigos durante a semana e domingo que vem volto com os artigos mais compartilhados e visitados. Obrigado pela confiança. Até mais.

Foto “Book Online”, Shutterstock.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários