Home Economia e Política Trabalhadores do Ibama aprovam greve

Trabalhadores do Ibama aprovam greve

Os trabalhadores dos escritórios do órgão no Rio de Janeiro, que cuidam do licenciamento da indústria do petróleo, concordaram na noite de quinta-feira em começar a greve

por Reuters
3 min leitura

Funcionários do órgão ambiental federal Ibama votaram por uma greve em pelo menos 10 Estados, disse seu sindicato nesta sexta-feira, ameaçando atrasar ainda mais as licenças para projetos de petróleo e gás, desacelerar as importações de automóveis e impedir os esforços para combater a destruição da floresta amazônica.

Os trabalhadores dos escritórios do órgão no Rio de Janeiro, que cuidam do licenciamento da indústria do petróleo, concordaram na noite de quinta-feira em começar a greve em 24 de junho, de acordo com um comunicado do sindicato nacional Ascema. Um líder sindical disse que o Rio foi um dos 10 Estados onde os funcionários aderiram à greve.

Espera-se que o movimento afete o licenciamento ambiental para mais de uma dúzia de empresas do setor de petróleo e gás, incluindo a Petrobras e produtores independentes como Equinor, 3R Petroleum (RRRP3), Enauta (ENAT3) e PRIO (PRIO3).

Banner MBA BARSI

“A falta de diálogo por parte do governo nos levou a esta paralisação, que infelizmente aprofundará os já significativos impactos em diversos setores, especialmente no de petróleo e gás”, disse o diretor do sindicato do Rio Asibama-RJ, Leandro Valentim, em um comunicado.

O Ibama não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Desde o início de 2024, funcionários do órgão reduziram o ritmo dos processos de licenciamento ambiental e de outros serviços de interesse do governo, sem chamar oficialmente de greve.

A desaceleração teve efeitos em toda a economia brasileira, desde projetos de energia até importações de veículos. Em maio, a Petrobras disse que os atrasos no licenciamento poderiam impactar cerca de 2% da produção anual da empresa se persistirem.

A Petrobras não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre a votação para declarar greve.

Junto com o sindicato dos trabalhadores do Ibama em pelo menos 10 Estados, os trabalhadores do Distrito Federal e uma filial dos trabalhadores do Ministério do Meio Ambiente também declararam seus planos de greve, disse o líder sindical nacional Wallace Lopes à Reuters.

A votação em todo o país está marcada para terminar na sexta-feira, disse ele.

A sua decisão também poderá prejudicar os planos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no combate à destruição ilegal da floresta amazônica, se o pessoal do Ibama encarregado de policiar o desmatamento abandonar o trabalho.

Banner MBA BARSI

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.