Home Agronegócio Trimestre é o melhor em abertura de mercados para o agronegócio

Trimestre é o melhor em abertura de mercados para o agronegócio

Desde o início do ano, somam-se 26 novos mercados abertos em 18 países, alcançando um total de 104 desde o começo de 2023

por Agência Gov
0 comentário
Exportações Portos Mercados

Superando recordes anteriormente registrados, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) encerra o mês como o melhor março dos últimos anos. Com o resultado alcançado, o primeiro trimestre de 2024 se torna o mais bem-sucedido da série histórica em termos de aberturas de novos mercados para o agronegócio brasileiro.

Os números mensais foram: março com 10 novos mercados em sete países; fevereiro com sete mercados em seis países; e janeiro com nove mercados em cinco países.

Em relação aos números do trimestre, apenas em 2021 se chegou perto do alcançado neste ano, quando foram totalizados 20 mercados em 9 países.

Desde o início do ano, somam-se 26 novos mercados abertos em 18 países, alcançando um total de 104 desde o começo de 2023, período em que iniciou o terceiro mandato do presidente Lula e a gestão do ministro Carlos Fávaro no Mapa.

As aberturas de 2024 já contemplam todos os continentes: África – África do Sul, Botsuana, Egito, Omã e Zâmbia; Ásia – Arábia Saudita, Filipinas, Índia, Paquistão e Singapura; Europa – Grã-Bretanha e Rússia; Oceania – Austrália; e Américas – Canadá, Costa Rica, El Salvador, Estados Unidos e México.

“Mas não queremos parar aí. Seguiremos dialogando com os países para ampliarmos cada vez mais as exportações dos produtos brasileiros”, relata o ministro Fávaro.

Os registros das aberturas não contemplam apenas a venda de produtos tradicionais dos quais o Brasil já é um grande exportador, como carnes e complexo soja, mas de diversos produtos agropecuários, como pescados; sementes; gelatina e colágeno; ovos; produtos de reciclagem animal; açaí em pó; café verde; e embriões e sêmens.

“Abrir um mercado é mais do que simplesmente desbloquear uma nova oportunidade para o agricultor; é abrir uma porta ampla para possibilidades ilimitadas. Estou profundamente convicto de que, através da nossa colaboração e dedicação conjunta, asseguraremos que nossos produtores não apenas se aproximem dessa porta, mas a atravessem com sucesso, expandindo seus horizontes e alcançando novos patamares de sucesso, gerando mais empregos e renda”, destaca Roberto Perosa, secretário de Comércio e Relações Internacionais do Mapa.

Confira os novos mercados abertos:

– Açaí em pó (Índia)
– Alevinos de Tilápia (Filipinas)
– Asnos (México)
– Bovinos vivos (Omã)
– Bovinos vivos (Paquistão)
– Café verde (Zâmbia)
– Carne de Aves (El Salvador)
– Carnes e produtos cárneos de ovinos (Singapura)
– Carnes, produtos cárneos e miúdos de caprinos (Egito)
– Carnes, produtos cárneos e miúdos de ovinos (Egito)
– Células-tronco mesenquimais de equinos, cães e gatos (Costa Rica)
– Embrião bovino (Botsuana)
– Embriões in vivo e in vitro de bovinos (Paquistão)
– Extrato de carne bovina (Singapura)
– Gelatina e colágeno de origem bovina e suína (El Salvador)
– Gelatina e colágeno de origem equina, caprina e ovina (Estados Unidos)
– Gelatina e colágeno de origem suína (Canadá)
– Gelatina e colágeno de origem suína (Grã-Bretanha)
– Ovos (El Salvador)
– Ovos e produtos de ovos (Rússia)
– Pescados (Austrália)
– Pescados de Cultivo e Derivados (África do Sul)
– Produtos de reciclagem animal (Filipinas)
– Sémen bovino (Botsuana)
– Sémen bovino (Paquistão)
– Sementes (Arábia Saudita)
Fonte: Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa)

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.