Home Estilo de Vida Turismo de Experiência motiva 9 em cada 10 brasileiros

Turismo de Experiência motiva 9 em cada 10 brasileiros

Todo esse novo comportamento do turismo brasileiro e internacional est√° fortalecendo esse segmento

por Agência Sebrae
3 min leitura

As experiências vivenciadas em uma viagem são a maior motivação de praticamente nove em cada dez turistas brasileiros.

Para usufruírem dessas vivências, eles preferem estar sozinhos (26%) ou acompanhados por companheiros e filhos (40%) e têm especial predileção pelos passeios a pé nas cidades visitadas (63%) como principal atividade.

O contato com a natureza e o ecoturismo est√£o entre os maiores interesses desse p√ļblico (57%) e¬†quase 70% buscam por momentos de relaxamento.

√Č o que revela uma pesquisa realizada pelo Sebrae e o TRVL LAB, um laborat√≥rio de intelig√™ncia de mercado em viagens, visando conhecer melhor o mercado do turismo de experi√™ncia no Brasil.

O levantamento mostra que o brasileiro está sintonizado com o comportamento do mercado global, que tem registrado um crescimento expressivo do turismo de experiência. Impulsionado principalmente pelo impacto do período de isolamento social gerado pela pandemia, o ato de viajar se fortaleceu como uma atividade exploratória, com foco em experiências para se aproveitar o melhor de cada lugar.

Essa atitude tornou-se fator determinante para a escolha, inclusive, dos destinos.

Para a analista de Competitividade do Sebrae Germana Magalh√£es, o Brasil tem muito a ganhar com o fortalecimento desse perfil do turista nacional e estrangeiro.

Al√©m de termos um pa√≠s rico e diverso, que oferece atrativos que v√£o da floresta Amaz√īnica √†s praias, do Pantanal √†s serras ga√ļchas, temos tamb√©m um povo com uma cultura¬†√ļnica.

Germana Magalh√£es, analista de Competitividade do Sebrae

Germana lembra que o¬†turismo de experi√™ncia j√° √© respons√°vel por quase 60% do faturamento dos pequenos neg√≥cios do setor.¬†‚ÄúEstudos feitos pelo Sebrae apontam que o ecoturismo j√° √© ofertado em 66% das empresas dessa ind√ļstria.

Todo esse novo comportamento do turismo brasileiro e internacional est√° fortalecendo esse segmento, que vem registrando um crescimento de 30% ao ano e atualmente j√° responde por 9% do Produto Interno Bruto (PIB) do pa√≠s‚ÄĚ, comenta.

Planejamento

Ainda de acordo com a pesquisa, a parcela mais significativa dos entrevistados (32%) gastou acima dos R$ 5 mil em sua √ļltima viagem e sete em cada 10 fizeram as compras em cart√£o de cr√©dito ou d√©bito.

Quase 30% dos viajantes brasileiros fizeram a compra ou reserva da experiência no destino com um mês ou mais de antecedência e a grande maioria dos entrevistados (77%) usou o Instagram descobrir a atração visitada.

Outro aspecto importante indicado pela pesquisa trata da compra antecipada das experiência por meio de plataformas digitais de acordo com o levantamento, 56% dos entrevistados usaram sites e aplicativos de agências de viagens para compra ou reserva das atividades.

Mais n√ļmeros da pesquisa:

  • 42% viajam com companheiro e filhos;
  • 86% dizem que as experi√™ncias s√£o o aspecto mais importante da viagem;
  • 63% realizam passeios a p√© pela cidade durante as suas viagens;
  • 57% est√£o conectados com passeios pela natureza ou de ecoturismo;
  • 67% querem vivenciar momentos de relaxamento;
  • 77% utilizam o Instagram como principal plataforma para descobrir a experi√™ncia pela primeira vez;
  • 52% pesquisam por experi√™ncias ao mesmo tempo em que pesquisam por voos e ou hospedagem;
  • 46% realizam a reserva ou compra das experi√™ncias ao mesmo tempo em que pesquisam por voos e /ou hospedagem;
  • 56% utilizaram sites e aplicativos de ag√™ncias de viagens on-line para compra ou reserva de experi√™ncias;
  • R$ 5 mil √© a estimativa de gastos em experi√™ncia para 35% dos entrevistados;
  • 70% utilizam o cart√£o de cr√©dito ou d√©bito como principal forma de pagamento.

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.