TV Dinheirama: Consumismo, os adolescentes e o planejamento familiarO Brasil é um país cuja história de consumo não tem muito tempo. Antes atingidos pela inflação galopante, muitos brasileiros estão podendo comprar e consumir de forma mais intensa, o que traz muitos pontos positivos, mas também negativos. Neste episódio da TV Dinheirama abordo a questão do consumismo sob a ótica dos jovens e adolescentes, além de mencionar a relação desta geração com seus pais e sociedade. Será que é preciso haver um limite para o consumo? Como educar nossos jovens neste sentido sem prejudicar seu amadurecimento?

Abordo neste video os seguintes temas:

  • O consumo como fator de inclusão social e aceitação tende a influenciar demais as decisões dos adolescentes e jovens. O movimento é perigoso, já que aumenta muito o nível de endividamento e a ansiedade deste grupo;
  • Trabalhar o consumismo deve ser uma atitude pautada pelo exemplo dos pais. Ensinar a lidar com dinheiro sem praticar não funciona!
  • Como os pais devem relacionar-se com seus filhos quando o assunto é o planejamento familiar?
  • Trabalhar a autoestima dos jovens e o aprendizado em relação às frustrações normais da vida costuma trazer bons resultados para o bem estar familiar.

Assista ao video e comente:

Importante: Lembre-se de acessar nosso canal no YouTube – www.youtube.com/dinheirama – e se inscrever para receber nosso material. As gravações têm caráter didático e instrutivo. As dicas dadas deverão ser usadas sob sua total responsabilidade. Vem mais por ai. Espero que gostem! Até a próxima.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários