Olá amigo leitor do Dinheirama, chegamos com mais uma edição dos “Vídeos da Semana”! É o momento de revermos os vídeos que foram ao ar em nosso canal no Youtube na semana que passou.

Se você perdeu algum, agora poderá contar com esse resumão e começar a semana com os melhores vídeos de educação financeira.

Não deixe de acessar e se inscrever gratuitamente em nosso canal (clique aqui)

Acompanhe os vídeos dessa semana:

Você se sabota mesmo sem querer e isso afeta seu bolso: E agora?

Conrado Navarro fala dos perigos da autossabotagem e sobre como muitas vezes nós mesmos “jogamos contra” nossos sonhos e potencial. Os reflexos no bolso e no sucesso financeiro são inevitáveis também. O que fazer? Como agir? Assista e descubra!

Clique para assistir

Educação financeira para cuidar do que não tem preço

Conrado Navarro fala sobre o poder e o papel da educação financeira para realmente curtir e usufruir as coisas mais importantes da vida, que são a família, os amigos e a qualidade de vida como um todo.

Clique para assistir

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários