Caro leitor, se você tem acompanhado a bolsa de valores nestas últimas semanas, já percebeu que o mercado está bastante animado com a possibilidade de impeachment da presidente.

O Brasil é um bom local para os investidores ao redor do mundo colocarem o seu dinheiro, mas para isso, eles precisam ter argumentos suficientes para acreditar que as coisas irão melhorar, e a saída da atual presidente e a reorganização na máquina pública é um bom argumento.

Não sei o quanto você conhece do mercado de ações, mas devido à sua enorme flexibilidade, há diversos tipos de operações combinadas, de compra e venda, tanto de ações como derivativos, que permitem estratégias que são formidáveis para momentos de volatilidade, como este que estamos atravessando.

Por exemplo, você sabia que é possível estruturar uma operação que gera muito lucro caso aconteça um determinado evento, mas que te impeça de sofrer prejuízos, caso o tal evento não se concretize? Essas são as chamadas operações com capital protegido.

Mas se as chances de impeachment crescem a cada dia, e já vimos (como mostra a figura abaixo) que a primeira etapa do rali do impeachment já está aconteceu, porque me preocupar em proteger o capital?

Uma estratégia para lucrar (bastante) com o impeachment

Não basta comprar algumas ações e esperar elas subirem com a troca de governo? Isso faria sentido se não estivéssemos falando de chances e sim de certezas, mas quando o assunto é política, tudo pode acontecer.

Dessa forma, caso o impeachment não aconteça, os mercados vão ceder, e é nesse cenário que você também precisa estar preparado para não amargar prejuízos. Por isso o momento justifica, mais do que nunca, o uso de operações de capital protegido.

Mas como montar estas operações se eu não tenho conhecimento para isso? É aí que entra o nosso trabalho. Somos especialistas neste assunto, com uma equipe de analistas com larga experiência. Nós vamos entregar para você tudo pronto, e você precisará apenas seguir os passos para montar suas operações.

Antes, estas operações eram restritas a poucos investidores profissionais. Agora estará acessível para você também, para que tenha a oportunidade de extrair lucros enormes, num curto espaço de tempo, aproveitando estes eventos que influenciam diretamente o movimento do mercado.

Queremos explicar para você mais alguns detalhes sobre tudo isso, e também sobre as três operações de capital protegido que estamos propondo. Para isso, peço que você clique aqui para ser direcionado para nossa página explicativa, onde continuaremos essa conversa.

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “candlestick”, Shutterstock

Empiricus Research
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.