Home Empresas UnitedHealth fecha acordo para vender Amil

UnitedHealth fecha acordo para vender Amil

A UnitedHealth não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre os detalhes do acordo

por Reuters
0 comentário

 A norte-americana UnitedHealth disse nesta sexta-feira que aprovou um acordo para vender a Amil, sua unidade brasileira, ao fundador e ex-presidente da Qualicorp, José Seripieri Filho.

Na semana passada, duas fontes informaram à Reuters que a UnitedHealth havia concordado em vender a unidade para Seripieri, que deixou a Qualicorp em 2019.

A oferta de Seripieri era de cerca de 2,5 bilhões de reais (515,24 milhões de dólares), de acordo com uma fonte da Reuters.

Em um documento regulatório nesta sexta-feira, a UnitedHealth disse que registrará uma baixa de 7 bilhões de dólares relacionada à venda, sendo a maior parte sem efeito caixa e explicada por perdas de conversão de moeda estrangeira.

A baixa não afetará os lucros ajustados da UnitedHealth em 2024, disse a empresa, confirmando sua previsão de lucro ajustado de 27,50 a 28,00 dólares por ação, inicialmente fornecida em novembro. A UnitedHealth divulgará os resultados do quarto trimestre de 2023 em 12 de janeiro.

“Acreditamos que esse acordo garantirá o sucesso contínuo, trabalhando com um comprador que tem o conhecimento e a experiência locais para continuar o impulso positivo do negócio”, disse a UnitedHealth em um comunicado enviado por email.

A UnitedHealth não forneceu detalhes financeiros sobre a transação.

A empresa disse que a venda inclui a Amil Insurance, a Amil Integrated Care, a Amil Dental e a Americas Hospitals no Brasil.

A Amil tem 5,4 milhões de beneficiários de planos de saúde e odontológicos no Brasil e sua venda estava sendo preparada há anos, de acordo com uma reportagem da Reuters.

O presidente-executivo da UnitedHealth, Andrew Witty, anunciou a decisão de vender a Amil, adquirida em 2012 por 5 bilhões de dólares, logo após assumir o comando em 2021.

A empresa já havia tido dificuldades para vender sua unidade brasileira devido a questões antitruste e perdas crescentes com planos de saúde individuais. Ela suspendeu o processo de venda da Amil no ano passado, mostrou uma reportagem da Reuters.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.