Home Mercados Veja quanto o dólar caiu nesta quarta-feira

Veja quanto o dólar caiu nesta quarta-feira

Na véspera, o dólar à vista fechou o dia cotado a 4,9319 reais na venda, com queda de 0,61%

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Edgard Garrido)

O dólar (USDBLR) alternava estabilidade e leve queda frente ao real logo após a abertura desta quarta-feira, com o foco voltado para a publicação da ata da última reunião do Federal Reserve, que pode ajudar a direcionar as apostas sobre cortes de juros nos Estados Unidos.

Às 10:31 (horário de Brasília), o dólar à vista recuava 0,07%, a 4,9285 reais na venda.

Na B3, às 10:31 (horário de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,06%, a 4,9315 reais.

A movimentação tímida da moeda refletia operadores sem vontade de fazer grandes apostas antes da divulgação da ata do Fed, agendada para as 16h (de Brasília) desta quarta-feira. O documento será referente ao último encontro do banco central norte-americano, em que os juros foram mantidos no patamar atual, mas com alerta das autoridades de que são necessários mais dados para confirmar a trajetória de queda da inflação.

“A gente tem a ata do Fed que vai ser divulgada hoje, então os investidores estão mais cautelosos para entender como é que vai ficar a questão dos juros”, disse Gabriel Mota, operador da Manchester Investimentos.

“Contextualizando, a gente tem um cenário de queda nos nossos juros enquanto os Estados Unidos estão num patamar travado. Se a gente tiver ainda uma mudança do que o mercado estava acreditando (em relação ao afrouxamento monetário do Fed), provavelmente a gente vai ver um estresse muito forte nesse dólar”, completou ele.

Após dados de inflação e atividade mais fortes do que o esperado, o mercado futuro de juros dos EUA passou a embutir cortes nos juros mais tarde do que o inicialmente esperado, o que indica uma rentabilidade atraente na maior economia do mundo por mais algum tempo, algo positivo para o dólar.

No Brasil, o Banco Central tem cortado a taxa Selic num ritmo consistente de 0,50 ponto percentual por reunião, deixando os juros no patamar atual de 11,25%.

Apesar do afrouxamento monetário em andamento, parte dos mercados tem dito que, desde que o Copom não acelere o passo de redução dos juros, o real deve continuar sendo atraente para uso em estratégias de “carry trade” –tomada de empréstimo em país de taxas baixas e aplicação desses recursos em praça mais rentável.

Na véspera, o dólar à vista fechou o dia cotado a 4,9319 reais na venda, com queda de 0,61%.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.