Home Imóveis Vendas de imóveis sobem 6% no 1º tri com ajuda do MCMV

Vendas de imóveis sobem 6% no 1º tri com ajuda do MCMV

Os dados foram obtidos em pesquisa da Cbic em 220 cidades brasileiras, que incluíram capitais e regiões metropolitanas, além de praças intermediárias

por Reuters
0 comentário

As vendas de imóveis residenciais subiram no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, refletindo efeitos do programa habitacional do governo federal, enquanto os lançamentos recuaram, mostraram dados divulgados nesta segunda-feira pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic).

O aumento nas vendas no período foi de 6% versus o primeiro trimestre do ano passado, para 81,3 mil unidades, impulsionado pelos resultados do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), de acordo com a entidade, à medida que os lançamentos caíram 9,6% na mesma comparação, para 56,4 mil unidades, afetados em parte por uma “demora excessiva para novos licenciamentos”.

Na base trimestral, tanto vendas (-4,2%) quanto lançamentos (-39,1%) registraram queda. No acumulado de 12 meses, as vendas de imóveis residenciais no país subiram 3,9% no trimestre encerrado em março, para 331,3 mil unidades, e os lançamentos recuaram 6,8%, para 299,4 mil, segundo os dados da Cbic.

“O mercado segue forte e aderente”, afirmou a entidade, ressaltando que há demanda para os imóveis lançados. Apenas no segmento do MCMV, a alta anual nas vendas foi de 21,3%, para 31,4 mil unidades, e em lançamentos marcou 24,7%, a 26,4 mil.

Para a Cbic, o avanço de unidades residenciais vendidas no país na base anual é um “bom sinal para o restante do ano”, uma vez que os demais trimestres costumam concentrar mais vendas.

Considerando a média de vendas dos últimos 12 meses, se não houver novos lançamentos, a oferta final de residências do MCMV se esgotaria em 8 meses, de acordo com o estudo da entidade.

Os dados foram obtidos em pesquisa da Cbic em 220 cidades brasileiras, que incluíram capitais e regiões metropolitanas, além de praças intermediárias.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.