Home Economia e Política Vice-chair do Fed destaca desafios na área de comunicação

Vice-chair do Fed destaca desafios na área de comunicação

"Quando essa interpretação se mostra errada no futuro, ela pode criar mais volatilidade e incerteza do que se não tivesse havido nenhum anúncio", disse Jefferson

por Reuters
0 comentário

 O vice-chair do Federal Reserve, Phillip Jefferson, disse nesta segunda-feira que, embora seja importante que um banco central se comunique claramente com o público, há momentos em que essas comunicações podem ficar confusas.

“É amplamente aceito” que a comunicação clara aumenta a eficácia das políticas do banco central “porque a comunicação clara pode afetar a trajetória esperada da taxa de juros e das condições financeiras de forma mais geral”, disse Jefferson em comentários preparados para serem apresentados em uma conferência realizada pelo Federal Reserve de Cleveland.

Jefferson não fez comentários sobre a política monetária ou sobre as perspectivas econômicas em suas falas preparadas.

Mas, às vezes, as tentativas de comunicação podem ter “consequências não intencionais”, observou Jefferson.

O segundo em comando do Fed apontou dois exemplos. “Há sempre um risco” de que os comentários das autoridades sobre o futuro da economia e da política monetária sejam “interpretados pelo público com um falso senso de certeza”, que pode ser confundido com uma visão fixa sobre as perspectivas, disse Jefferson.

“Quando essa interpretação se mostra errada no futuro, ela pode criar mais volatilidade e incerteza do que se não tivesse havido nenhum anúncio”, disse Jefferson.

Os comentários públicos das autoridades também podem turvar o cenário, disse ele.

“A diversidade de pontos de vista entre as autoridades é propícia a debates estimulantes e, em última análise, a políticas melhores”, disse Jefferson, acrescentando que “em tal situação, mais comunicação poderia aumentar em vez de reduzir a incerteza sobre nossas políticas”.

A opinião de Jefferson sobre a comunicação do banco central ocorre em um momento em que os banqueiros centrais tentam determinar se a inflação resistente observada no início do ano prejudicará sua capacidade de cumprir as previsões de três cortes na taxa de juros para este ano.

As projeções trimestrais do Fed – as próximas serão apresentadas na reunião de junho Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) – não são uma previsão oficial, mas apenas um resumo das opiniões das autoridades. Entretanto, muitos nos mercados as veem como uma visão interna, e autoridades do Fed são rotineiramente solicitados a comentar sobre essas previsões.

Ao mesmo tempo, as autoridades do Fed são palestrantes frequentes e essas oportunidades de falar, que em alguns dias podem ter vários opinando sobre as perspectivas, podem fazer com que os participantes do mercado tenham dificuldades para encontrar uma visão coerente sobre o que os banqueiros centrais acreditam que está por vir.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.