Home Esportes Vitória da Inglaterra sobre a Eslováquia não convence torcedores

Vitória da Inglaterra sobre a Eslováquia não convence torcedores

Alívio é a palavra do dia. Tivemos muita, muita sorte e deveríamos agradecer às nossas estrelas porque estávamos péssimos

por Reuters
3 min leitura

Nos acréscimos do segundo tempo da vitória da Inglaterra por 2 x 1 sobre a Eslováquia pelas oitavas de final da Euro 2024 no domingo, torcedores e especialistas estavam afiando as facas. “Fora Southgate” era uma frase bastante compartilhada no X, fazendo referência ao treinador da seleção, Gareth Southgate.

Mas o arremate de bicicleta de Jude Bellingham ao final do tempo normal e a cabeçada vitoriosa de Harry Kane no início da prorrogação salvaram a Inglaterra de uma eliminação constrangedora, talvez tenham salvado o emprego de Southgate e infundido um pouco de otimismo nos torcedores em meio a um desempenho decepcionante da equipe no torneio.

O príncipe William, que também é presidente da Associação de Futebol (FA, na sigla em inglês), postou no X: “Montanha-russa emocional! Vamos lá, Inglaterra! Quartas de final, aqui vamos nós!”

O primeiro-ministro Rishi Sunak escreveu: “Só acaba quando termina”, enquanto um torcedor provavelmente resumiu o sentimento de muitos, escrevendo: “Meu coração não aguenta mais uma coisa dessas.”

Os comentaristas e ex-jogadores foram menos gentis.

Eles ficaram horrorizados com o primeiro tempo da Inglaterra, dizendo que Southgate tinha que rasgar seu plano e fazer grandes mudanças para começar o segundo tempo.

“Southgate pode ficar desempregado em 45 minutos se não mudar alguma coisa”, disse Roy Keane, ex-capitão do Manchester United.

O ex-lateral Gary Neville comparou o jogo com a humilhante eliminação da Inglaterra nas oitavas de final para a pequena Islândia na Euro 2016.

“Eu estava sentado em um banco de reservas em Nice há oito anos, quando a Inglaterra jogou contra a Islândia este jogo tem as vibrações da Islândia escritas por toda parte”, disse ele.

Enquanto as vaias à Inglaterra se transformavam em aplausos dentro do estádio ao apito final, os especialistas continuavam desanimados em sua avaliação da Inglaterra e de suas esperanças no torneio.

“Alívio é a palavra do dia. Tivemos muita, muita sorte e deveríamos agradecer às nossas estrelas porque estávamos péssimos e estamos péssimos há quatro jogos”, disse Neville.

O ex-atacante Ian Wright disse que é muito difícil se sentir confiante em relação à equipe.

“Mas acabamos de mostrar que temos dois jogadores que são capazes de apagar incêndios”, acrescentou.

Neville enfatizou que a Inglaterra precisa melhorar drasticamente antes das quartas de final no sábado contra a Suíça, que venceu a atual campeã Itália nas oitavas de final.

“Gareth perceberá que estava muito perto do limite”, disse ele.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.